domingo, 9 de julho de 2017

Aos irresponsáveis, minha revolta

Eu gosto de esporte, gosto muito de futebol, talvez posso falar que amo a porcaria do futebol.

Vou ao estádio, aos ginásios, às piscinas, pistas de atletismo, sempre que possível.

E desde 2013, quando Arthur nasceu, sempre quis levá-lo comigo, pois quero ter a certeza que ele conhecerá o esporte, mesmo que lá na frente venha a não gostar, é questão de escolha dele. Já fomos juntos ao Maracanã, ao Mário Helênio, aos Jogos Olímpicos, a jogos da Superliga de Vôlei, competições de natação, treinos dos atletas olímpicos...

As cenas que vi após a partida Vasco x Flamengo em São Januário, me entristecem, qualquer tipo de zoação com um amigo vascaíno fica em décimo plano... não é nem em segundo, é em décimo, tamanho abatimento que me dá ao ver o que acontece. Vi crianças sendo carregadas por torcedores e por policiais... crianças machucadas... cortou meu coração.

Os culpados precisam ser responsabilizados mais do que esportivamente, precisam ser responsabilizados criminalmente. É caso de polícia!!!

Parabéns ao jogadores do Vasco e aos torcedores de verdade, que honram a cada dia o nome do clube; aos diretores, responsáveis pela partida e para quem autorizou tal evento, minha revolta.

Luiz Paulo Knop

Atualização: Depois que terminei o texto, a diretoria do Flamengo divulgou uma nota oficial sobre o ocorrido. Achei totalmente sem propósito tal divulgação, de uma falta de sensibilidade enorme (apesar de citarem a falta de sensibilidade da diretoria adversária). Tentaram "pagar de santo" e não são, já tivemos problemas de grande proporção em jogos do Flamengo também. Infelizmente é uma realidade do futebol nacional, de grandes clássicos. Melhor atitude era se calar, deixar que os órgãos irresponsáveis julguem o caso.

Segue a nota na íntegra:

"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta a situação a que foram expostos nossos profissionais, colegas da imprensa e torcedores após o término da partida contra o Vasco e repudia todo e qualquer ato de violência dentro e fora dos estádios.

O Flamengo entrou em campo e venceu na bola. Agora, espera que todas as providências sejam tomadas para que um episódio desastroso como o de hoje não se repita e que os marginais responsáveis sejam punidos. O futebol tem sido vítima constante da impunidade e da falta de sensibilidade de alguns dirigentes, que estimulam o ódio.

Clube de Regatas Flamengo"
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...