segunda-feira, 29 de maio de 2017

O desafio de Zé Ricardo: como escalar o Flamengo com Diego e Conca disponíveis?

O Flamengo ainda está no início de uma caminhada dura rumo à superação de mais uma eliminação na fase de grupos da Libertadores. O técnico Zé Ricardo passa pelo momento de maior pressão desde que assumiu o time profissional há um ano. Para complicar ainda mais a situação, o time sofre com uma lista grande de desfalques.

Na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Atlético-PR na Arena da Baixada, o Mais Querido entrou em campo posicionado em um 4-4-2, com Arão mais aberto pela direita, Cuellar e Márcio Araújo centralizados, Matheus Sávio à esquerda e Mancuello se aproximando de Guerrero. Uma formação diferente do 4-2-3-1 usual, forçada pela já citada lista de desfalques.

Mas, se nos últimos jogos Zé teve que encontrar alternativas para desfalques na equipe considerada titular, inclusive Diego, que está fora há cerca de 6 semanas, agora o treinador vive a expectativa da volta do camisa 35 e de Conca, além de Éderson que já vem sendo escalado.Conca já está liberado pelo departamento médico para jogar e agora sua estréia depende da comissão técnica. Já Diego, voltou a treinar com bola e deve retornar aos gramados nas próximas partidas. Portanto, Zé Ricardo terá 4 jogadores experientes que atuam em funções parecidas à disposição: Diego, Conca, Mancuello e Éderson. Para o segundo semestre, o clube espera contar ainda com Éverton Ribeiro, principal alvo da diretoria no mercado.

Mas a grande pergunta do momento é: com Diego e Conca em forma, como será composto o meio de campo rubro-negro? Levando em conta o histórico de Zé Ricardo no Flamengo, dificilmente veremos uma escalação inicial com Éderson (ou Mancuello), Conca e Diego. O treinador gosta de meias pelas pontas que sejam capazes de atacar em velocidade e auxiliar os laterais no momento defensivo, características que nenhum dos três apresenta. O mais provável é que a vaga de meia-armador fique com Diego, deixando Conca de opção para o segundo tempo e Éderson disputando posição nas pontas e, assim, sendo obrigado a se adaptar às necessidades do setor. Mancuello, apesar do gol em Curitiba, é o mais desprestigiado e deve ser negociado.

Zé Ricardo pode tentar também uma mudança no esquema tático para combinar esses jogadores. Quando treinador do sub-20, Zé utilizava o 4-1-4-1 e depois repetiu isso no time profissional antes da chegada de Diego e nos jogos que não pôde contar com o craque. Nesse esquema seria possível escalar o camisa 35 e Conca como meias-centrais à frente do volante e completar o meio com Éverton pela esquerda e Éderson à direita. Porém, para essa formação funcionar na prática, todos teriam que se aplicar na recomposição sem a bola, ocupar os espaços dificultando o jogo adversário e efetuando desarmes. Não é impossível, mas foge das características que esses atletas mostraram durante suas carreiras.

Ainda existe a possibilidade da chegada de Éverton Ribeiro. Caso o acerto com o jogador se concretize, a opção óbvia seria escalá-lo como ponta direita no 4-2-3-1 usual do Fla, já que foi nessa posição que o meia foi bicampeão nacional pelo Cruzeiro em 2013 e 2014. Também se encaixaria como meia- direita em um 4-1-4-1. Com ele, o Flamengo cresceria muito na criatividade e nas finalizações. O ex-cruzeirense poderia se infiltrar pelo meio para auxiliar na armação, além de chutar a gol com a qualidade que falta aos pontas disponíveis hoje no elenco rubro-negro.

Independente da escalação que Zé Ricardo escolher como base para seu Flamengo, o fato é que ele terá muitas opções de qualidade a disposição. Além dos “medalhões”, o técnico ainda pode contar com promessas como Vinícius Jr, Paquetá e Sávio. Junho será um mês decisivo para a carreira do jovem treinador, que deverá mostrar que consegue usar bem todas as cartas que tem na manga para obter bons resultados e superar a desconfiança da torcida.

Tarcísio Altomare
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...