terça-feira, 4 de abril de 2017

O Carioca tem que acabar!

Fala galera! Terminou a fase de classificação da Taça Rio 2017 e as quatro grandes equipes do Rio de Janeiro estão classificadas, como era de se imaginar. Ao mesmo tempo que se encerra essa etapa, começam as discussões a respeito de um dos mais absurdos regulamentos da história do futebol mundial.

Vamos tentar explicar alguns dos pontos mais “interessantes” dessa engenharia futebolística.

Quem se classifica para as finais do campeonato?
O campeão de cada um dos turnos (Taça Guanabara e Taça Rio) mais as duas equipes de melhor campanha na soma dos dois turnos, tirando os dois campeões. Se uma mesma equipe vencer os dois turnos abre vaga para uma terceira de melhor campanha. Diante disso, o Fluminense já está classificado como campeão da Taça Guanabara, Flamengo e Vasco entram como as duas melhores campanhas fora os campeões.

E por que o Botafogo está garantido na semi?
Existem três cenários possíveis para esse final de Taça Rio, e os três colocam o Botafogo como a quarta equipe classificada. Se o mesmo vencer a Taça Rio, entra como campeão de turno; caso Flamengo ou Vasco vençam, o Fogão passa a ter a segunda melhor campanha da fase de classificação, desconsiderando os campeões de turno; e a terceira e última opção é com um novo título tricolor, o que abriria uma vaga para a terceira melhor campanha (fora o Flu), no caso, o Botafogo.

O campeão dos dois turnos é campeão direto?
Não, ele apenas garante vaga na semi final do campeonato.

Os campeões de turno levam alguma vantagem nas semi finais?
Por ser campeão de turno, não. Entre as quatro classificadas, terão vantagem do empate as duas equipes com melhor campanha entre as quatro. O que quer dizer que você pode ser campeão dos dois turnos e nem assim ter a vantagem do empate na semi. Também é possível afirmar que uma equipe pode ser campeã sem ter nem sequer classificado paras as semi finais de turno. Coisas da Ferj.

Ao final da fase de classificação os cartões foram zerados, eles serão zerados ao final da Taça Rio?
Não. O regulamento é tão bizarro que prejudica de forma acintosa as equipes que disputarão a decisão do segundo turno. Com isso é possível que jogadores importantes estejam foram da decisão “de verdade”.

Pra que serve então a disputa da Taça Rio?
Dentro do quadro que se formou, serve para três coisas: colocar um troféu na prateleira; pendurar jogadores titulares com cartões, prejudicando a equipe na hora “de lá verdad”; e para desgastar o time.

As duas equipes rebaixadas esse ano jogarão a Série B do Rio em 2018?
Não. Elas jogarão a Série B do Rio em 2017 ainda. Com isso podem voltar a disputar a Série A em 2018. Guardem essa informação para que daqui 84 anos não digam que Campos e Tigres viraram a mesa e jogaram a Série A novamente, mesmo sendo rebaixados.

Diante de todas essas bizarrices, nos próximos dois finais de semana teremos um festival de jogos que nada valem, com times como Botafogo, Flamengo e Fluminense disputando competições paralelas. Alguém tem dúvida que presenciaremos jogadores sendo poupados e estádios mais vazios que o habitual? Ainda há quem peça a continuação desses estaduais?

O Carioca, pelo menos, tem que acabar!


Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...