quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

JF Vôlei erra muito e perde em casa

O Juiz de Fora Vôlei recebeu na noite dessa quarta-feira o vice-lanterna da Superliga Masculina de Vôlei, Maringá, e para o torcedor que já tava como certa uma vitória que somaria mais três pontos na tabela de classificação, sair do ginásio com apenas um ponto na bagagem, foi decepcionante.

Embalado pelas duas vitórias seguidas, o time mineiro partiu pra cima do Maringá logo de cara e abriu oito pontos de vantagem. Por mais que o treinador da equipe paranense tentasse mexer, o time não reagia, e o set terminou com 25 a 17 para os locais.

Já sem Renato Hermely no time, o Maringá fez um bom início de segundo set, mantendo sempre a dianteira e sem sofrer ameaças. Henrique Furtado tentou a inversão do 5/1 quando o placar já apontava quatro pontos de vantagem para os vice-lanternas. Todas em vão... Aranha ataca e confirma o set com o marcador anotando 25 a 21, agora tudo igual na partida, 1 a 1.

O set mais igual, essa foi a tônica da terceira parcial. O time juizforano manteve a dianteira, mas sempre com poucos pontos de frente, até abrir 17 a 14. Após o tempo solicitado por Renato Lúcio (Banana), técnico do Maringá, a equipe visitante melhorou o rendimento e virou, fechando em 25 a 23 e virando a partida.

Outro set que começou como o segundo, com muitos erros por parte do time mineiro, fator preponderante na partida. O Maringá chegou a abrir cinco pontos durante a parcial, teve 10 match points, o primeiro dele com o placar em 24 a 21. Mas o JF mostrou garra, empatou o jogo, salvou várias bolas, e fechou o set com um ponto de bloqueio de Diego. Tudo igual na partida, 2 a 2, e o a decisão seria no tie-break.

Depois de desperdiças várias chances de fechar o jogo e tomar a virada, era natural que o time de Ricardinho começasse o set decisivo abatido. Mas não foi o que vimos em quadra. Voltando a errar muito - foram seis só no tie-break - Juiz de Fora viu a vitória escapar logo na primeira metade da parcial, quando o Maringá abriu 7 a 2. Com uma vantagem sólida, bastou virar a bola e fechar em 15 a 10, aliviando a situação da equipe na tabela, e complicando o time mineiro que briga por uma vaga nos playoffs.

Na próxima rodada o Maringá recebe o Caramuru em casa, enquanto que o Juiz de Fora Vôlei vai até Canoas, enfrentar um adversário direto na briga pela classificação. As duas partidas acontecem sábado à partir das 18 horas, sem transmissão da TV.

Com a palavra...

Renato Lúcio (treinador do Maringá), Juan (líbero do JF Vôlei), Ricardinho (levantador do Maringá) e Henrique Furtado (treinador do JF Vôlei)


Ficha Técnica 

Juiz de Fora Vôlei 2 x 3 Copel Telecom Maringá
Ginásio da Faefid - Juiz de Fora (MG)
Troféu Viva Vôlei: Marcílio (Maringá)

JF Vôlei: Rodrigo, Renan, Ricardo, Rammé, Diego, Bruno e Fábio Paes; Entraram: Juan, Adami, Moreno e Drago.
Técnico: Henrique Furtado

Copel Telecom Maringá: Ricardinho, Aranha, Aureliano, Sérgio Félix, Mudo, Renato e Felipe; Entraram: Pedro, Gentil, Secco, Ualas, Marcílio e Michael
Técnico: Renato Lúcio (Banana)

Luiz Paulo Knop
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Boas,

    Votem na sondagem sobre o melhor extremo-esquerdo da Primeira Liga em http://galaxiafutebolistica.blogspot.pt/

    Abraços e continuação de um bom trabalho

    P.S.: Participem na primeira ronda do "Super Totobola".

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...