quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Estrangeiros no Rio

Fala galera! Uma legião de estrangeiros vem chegando ao Brasil em 2017, é Montillo, Conca, Sornoza, Orejuela e cia. Jogadores das mais diversas posições e nacionalidades. Muitos terão sucesso, outros nem tanto, alguns passarão despercebidos, mas sempre, ou quase sempre, a cada época temos um personagem que vira folclore nas brincadeiras entre as torcidas. Impossível esquecer da passagem de Cobi Jones e Aluspah Brewah pelo futebol carioca.

Cobi Jones é americano, nascido em 1970, jogou pela seleção nacional entre 1992 e 2004, disputou as Copas de 94, 98 e 2002. Um meia de grande valor nos Estados Unidos, ao ponto de ser chamado pelo apelido de “Cobi Legend”. Por aqui ele não ficou muito conhecido pelo seu futebol, mas sim por suas tranças - que lembravam as de Quinónez, ídolo vascaíno - e por ter uma passagem apagada pelo Vasco de Antonio Soares Calçada e Eurico Miranda na década de 90.

Já Brewah é de Serra Leoa, também defendeu a seleção de seu país, mas com muito menos brilho, tem 33 anos e não tem mais mercado. É (ou foi) um atacante de poucos gols, mas que desembarcou no Flamengo em 2003 como uma promessa africana. Um ano depois e sem atuar em nenhuma partida oficial, ele deixou o clube, deixando no torcedor o sentimento de “o que esse cara poderia ter feito?”. Acho que a incerteza da época é certeza hoje. O que ele poderia ter feito? Nada.

Luiz Paulo Knop
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...