terça-feira, 22 de novembro de 2016

Passou do ponto

Fala galera! Na última segunda-feira o Corinthians bateu o Internacional no Itaquerão, a partida foi válida pela 36ª rodada do Brasileirão 2016. O resultado deixou o Timão no caminho para a Libertadores e colocou o Colorado em situação complicadíssima para escapar do rebaixamento.

Polêmicas do campo à parte, e foram muitas, o que mais me chamou a atenção aconteceu nas arquibancadas.

Fernandão merecia mais respeito
Que Corinthians e Inter vivem uma forte rivalidade desde 2005, não há de se questionar. Teve o Brasileirão de 2005 e o famoso "pênalti" de Fábio Costa em Tinga. Tem o "troco" Colorado em 2009, quando o time riograndense perdeu para o Goiás na rodada final, rebaixando o Timão. Ainda tem o famoso DVD de 2009, com supostos erros de arbitragem em favor do time paulista.

Todo esse histórico criou um fator de disputa ainda mais entre as duas equipes, mas daí ao canto que os corinthianos entoaram nas arquibancadas do Itaquerão na última segunda, há uma enorme distância entre o bom senso e a ignorância. Sou a favor da zoeira no esporte, todos que me conhecem e acompanham o blog sabem disso, mas assim perdeu o sentido.

A fiel tentou zombar do risco Colorado, mas para isso usou Fernandão, ídolo e capitão do título mundial de 2006. O problema é que o ex-camisa 9 faleceu em um acidente de helicóptero em 2014, e aí que passou do ponto... O canto dizia exatamente assim:

- Não é mole não, você vai cair igual ao Fernandão.

Não preciso dizer mais nada...

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...