sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Não sei se vou ou se fico

Timon e Teresina: a linha que divide é apenas imaginária
 Pra quem vive em cidades onde os seus limites encerram um Estado e iniciam outro, é fácil entender como as coisas funcionam e como um atravessar de ponte pode fazer várias diferenças. Difícil é muitas vezes explicar para quem é de fora como funciona essa dinâmica toda. Naturalmente, isso reflete na rotina das pessoas de forma que não fica muito difícil, por exemplo, escolher fazer negócios de um lado ou de outro, dependendo das condições oferecidas pelo mercado.

Por causa dessa peculiaridade, casos curiosos acabam por ocorrer. Nosso post de hoje conta a história da cidade de Timon, que tecnicamente se localiza no Maranhão mas que, na prática, vive como se fizesse parte da região metropolitana de Teresina, capital do Piauí.

ECT: Esse é o que disputa o Piauiense
O município possui duas agremiações de futebol, que disputam campeonatos profissionais de forma regular. Ambos disputam a segunda divisão estadual, mas não possuem qualquer possibilidade de se enfrentar em um duelo direto. Um desses clubes é o Timon Esporte Clube (TEC), fundado em 2005 e que atualmente disputa a segunda divisão do Estadual Maranhense.

O outro é o Esporte Clube Timon (ECT), fundado em 2015 e que é filiado à Federação Piauiense, disputando a segunda divisão daquele Estadual. Apesar do clube mais novo disputar o Piauense, não se deixa ofuscar pela capital vizinha, ostentando com orgulho o nome da sua cidade natal maranhense mesmo jogando em outras terras.

E assim a vida vai caminhando em Timon. Uma cidade dividida entre dois estados mas que encontrou na paixão pelo futebol uma saída para ter a sua própria identidade.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...