sexta-feira, 3 de junho de 2016

O gol de R$1 bilhão de reais

Fala galera!

No último sábado, Real Madrid e Atlético decidiram a Uefa Champions League na partida mais aguardada da temporada do futebol europeu. As atenções e olhares do mundo inteiro, contudo, não foram suficientes para fazer a final mais valiosa do que outro duelo deste sábado: a vitória do Hull City sobre o Sheffield Wednesdey. As duas equipes inglesas entraram em campo em Wembley pela decisão do playoff da Championship, a segunda divisão do país, em confronto direto por uma vaga na elite. O Hull City levou a melhor por 1 a 0 e terá um incremento estimado em suas finanças de 200 milhões de libras (R$ 1 bilhão) em 2016/17.

Nenhuma outra partida, sozinha, é capaz de ter tanto impacto nos cofres de um clube como essa. Para efeito de comparação, a decisão da Champions League, por exemplo, paga prêmio em dinheiro de R$ 58,5 milhões ao campeão, que, mesmo com todos os outros bônus do torneio, não arrecada mais que cerca de R$ 212 milhões durante todo o torneio.

A explicação para tamanho "prêmio" pelo acesso à primeira divisão do Campeonato Inglês passa pelas novas cotas de distribuição do dinheiro de televisão. O lanterna Premier League 2016/17, por exemplo, terá garantido 100 milhões de libras, além de mais 75 milhões de libras nos próximos dois anos. Isso tudo é para o lanterna, para vocês terem uma ideia. A soma ainda é incrementada com o aumento nas receitas de patrocínio e bilheteria, por exemplo, em valor que os ingleses estimam em 20 milhões de libras. Caso o Hull City ainda consiga permanecer na elite por mais uma temporada, a bolada pode chegar até a 300 milhões de libras (R$ 1,5 bilhões).

E todo este "patrimônio" foi garantido com uma pintura de gol. Aos 28 minutos do segundo tempo, o senegalês Mohamed Diamé acertou um lindo chute e marcou o único gol do jogo. Será o retorno do Hull City à Premier League depois de apenas uma temporada na Championship, após rebaixamento em 2014/15. Pra quem quiser ver o petardo que garantiu a promoção e a bolada para os cofres do Hull City, tô postando o vídeo abaixo:



Além do Hull City, disputarão a primeira divisão do Campeonato Inglês em 2016/17, aproveitando o considerável aumento de receitas, o Burnley, campeão da Championship, e o Middlesbrough, vice-líder. No caminho inverso, foram rebaixados da Premier League Newcastle, Norwich e Aston Villa.

Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...