terça-feira, 14 de junho de 2016

Já (E)era Dunga

Fala galera! Nunca escondi de ninguém que achei interessante a volta de Dunga ao comando a Seleção após a Copa de 2014. Eu acreditava que o bom retrospecto (apesar de não ter conquistado a Copa de 2010) da passagem anterior daria ao nosso futebol um momento de tranquilidade para recuperar a autoestima.

Dois anos depois e após duas eliminações bizarras na Copa América, além de uma fraca campanha nas Eliminatórias, Dunga não colocou em prática o mesmo futebol apresentado entre 2006 e 2010. Não construiu uma equipe competitiva, não deu padrão de jogo, fez todos terem a certeza de que quem arrumava aquela seleção era realmente o Jorginho, como muitos cogitavam na época.

Não dá mais pra continuar! Não só ele... Gilmar, que só está ali para vender jogadores e ganhar uma comissão a mais, não tem capacidade para coordenar um trabalho que visa um título mundial.

Se a troca não for feita pra ontem, o tão sonhado ouro olímpico fica cada dia mais distante. E mesmo que ele venha, só prolongaria o nosso sofrimento rumo a 2018.

Chega!


Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...