sexta-feira, 29 de abril de 2016

The Power Rangers

Fala galera!

Nós, como fãs de futebol, estamos sempre de olho no futebol europeu. É evidente que acompanhamos e conhecemos mais os times das principais ligas europeias, como o futebol ingês, espanhol, italiano e alemão. Mas é certo que os apreciadores do esporte bretão conhecem alguns outros clubes europeus. Se pensarmos na Turquia, por exemplo, sempre vem à nossa mente clubes como Fenerbahce, Galatasaray e Besiktas. Na Holanda, temos PSV e Ajax. Na Grécia, Olympiakos e Panathinaikos. E assim vai. E na Escócia? Se você tivesse que me falar o nome de dois clubes escoceses, quais seriam? Não sei se isso acontece com todo mundo, mas na minha cabeça vem logo os nomes do Celtics e do Rangers.

Hoje estamos pra falar novamente do Rangers. Em junho de 2012, olha só, quase 4 anos atrás, o Luiz Paulo fez um post destacando a falência do clube escocês. Por uma dúvida (não corrigida para os dias atuais) de 27 milhões de euros (cerca de 70 milhões de reais, na cotação da época), o clube fechou as portas e foi comprado por um milionário. Como é obrigado a mudar de nome, o Rangers virou The Rangers. Quase 1 ano e meio depois, em Janeiro de 2014, o Resenha postou novamente, agora falando da ascensão do The Rangers, que já havia vencido a 4ª divisão (de onde teve que recomeçar no campeonato escocês) e estava bem encaminhado para vencer também a 3ª divisão.

Agora, após 4 anos, o antigo Rangers, atual The Rangers, está de volta à 1ª divisão. O clube com mais títulos nacionais no mundo, com 54 ligas e 33 copas da Escócia, subiu tranquilamente quando disputou a 4ª e 3ª divisões. Na primeira vez que disputou a 2ª divisão, na temporada 2014/2015, não teve sucesso, mas agora é definitivo e sua volta à 1ª divisão está selada. Na atual temporada, os Gers passearam. Venceram as 11 primeiras rodadas e confirmaram o acesso no início de Abril, a quatro rodadas do fim. Restando apenas a última rodada, o The Rangers jogou 35 jogos, obteve 25 vitórias, 5 empates e apenas 5 derrotas. Está com 13 pontos à frente do 2º colocado, além de possuir o artilheiro da liga - o inglês Martyn Waghorn, com 20 gols.

Com o acesso, a primeira divisão do campeonato escocês volta a ganhar apelo. Isso por conta do clássico entre Rangers e Celtic, considerado uma das maiores rivalidades do mundo. Recentemente, no meio de Abril, as equipes já se enfrentaram pela semi-final da Copa da Escócia e a rivalidade foi colocada novamente à prova. Deu Rangers, com vitórias nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal. No dia 21 de maio, a equipe fênix que renasceu das cinzas, jogará a final da Copa, em jogo único, contra o Hibernian.

Power Rangers está de volta!

Atá a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...