segunda-feira, 25 de abril de 2016

Saudades de casa

Você já ficou muito tempo fora de casa? Quando sai de férias e no finzinho já não dá aquela vontade de voltar, de dormir na sua cama? Nada como voltar pra casa, não é? Agora imagina ficar quase um ano sem poder voltar. Seria ruim? Como você se sentiria? É exatamente essa a situação do Flamengo. E os efeitos negativos, principalmente, já estão sendo sentidos antes mesmo do meio do ano, antes do inicio da principal competição do futebol brasileiro.

Digo que os efeitos negativos estão sendo sentidos principalmente, mas também há alguns pontos positivos nesta historia toda. Como clube imenso que é, e com torcida em todo território nacional, a principal boa nova é a proximidade com seus torcedores de todos os lugares e cantos. Enchendo estádios em Brasilia, Espirito Santo, Juiz de Fora, Nordeste e São Paulo mostra a força de sua torcida e o quanto esta é carente de ver seus clubes favoritos de perto. Esta situação pode ser melhor explorada e tornar-se uma fonte de receita para o clube de forma mais sustentável. As arenas da Copa estão aí, pedindo pra serem usadas.

Mais sustentável sim, pois o que é claro em tudo isso é que não há planejamento algum, e desde o inicio. Mesmo sabendo que não teriam o Maraca (Não se sabe bem o por que? A minha teoria hoje, é que foi pelo simples fato de querer enfraquecer o estadual, afinal como agora o Maraca vai ser liberado para as finais? Estranho né? Mas isto deixo pra depois), não se anteciparam em nada que pudesse diminuir o desgaste que o time de futebol passa a cada rodada. Isto é imperdoável para a atual diretoria e presidência.

O preocupante em tudo isso é que o time em campo esta sofrendo as consequências. Falta tempo para treinar, falta tempo para se recuperar fisicamente. Vocês já viajaram de avião e tiveram algum desconforto na viagem? Mexe com o corpo inteiro, fica-se mal fisiologicamente. Imagina o tempo todo voando pra lá e pra cá. Não há atleta que aguente, não há corpo que se recupere. E o futebolzinho é esse, não adianta culpar o técnico. Ou pior, não adianta trocá-lo.

Espero que com a volta do Maraca (sabe se lá quando), não se esqueçam da torcida em todo o resto do país. Mas se programem para poder apenas tirar vantagens desta situação. Dá para fazer. Não só Flamengo, mas todos os outros clubes tem um mercado imenso a explorar. De forma organizada alguns problemas podem ser minimizados como a distancia e o efeito negativo de tantas viagens. Uma vez ou outra e de forma planejada, não vai fazer mal a ninguém, muito pelo contrario, vai estreitar os laços com seus apaixonados torcedores.

Sei que os clubes do Rio, inclusive o Vasco, sentem falta do Maraca. Mas o pior de não ter o estádio é não ter organização. Todos os 4 grandes, mas principalmente Flamengo e Vasco, mostraram que tem como aproveitar o potencial de sua torcida. Mas para isso, precisa respeita-la, aproximar-se dela. O que adianta chegar em uma cidade e não ter nenhum contato com seus torcedores? Entrar mudo e sair calado com seus fones no ouvido é um desrespeito a toda a massa que consagra seus clubes. Somos nós torcedores que criamos os ídolos. Só no estádio, é pouco. A gente merece mais, muito mais.

E por enquanto é mais um jogo em Manaus, estádio lotado (mais uma vez as torcidas mostrando sua força), mas que horário é esse? As 15 horas (horário de Manaus) é sacanagem. No mais, é vida que segue... e que o sinal da emissora resista ao calor...
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...