segunda-feira, 28 de março de 2016

Eliminatórias com mata-mata

O texto era pra ter ido ao ar na última quinta-feira, mas como nosso editor tá com preguiça, vai ao ar hoje mesmo, depois de Brasil 2 x 2 Uruguai. De qualquer forma, a opinião permanece.

Não fiquei louco ainda e até acho que o Brasil se classificará a Copa de 2018 independente de qualquer coisa. No entanto não tenho a mesma certeza quanto a facilidade da classificação. E mais, tenho a certeza que estamos caminhando para mais um fiasco na próxima Copa, não nas mesmas proporções de um 7x1 em casa. Estamos cavando uma cova confortável para o nosso futebol e consequentemente para nossa Seleção Canarinho.

Nas duas próximas rodadas enfrentaremos o segundo e o quarto colocados, Uruguai e Paraguai respectivamente. Para o nosso bem e tranquilidade futura, dois bons resultados, ou mais diretamente, 4 pontos no mínimo são imprescindíveis. Caso não aconteça, Equador confirme a boa fase e Argentina se recuperando, ficará muito embolada a tabela de classificação, e a intranquilidade pode atrapalhar o nosso jogo.

Não que tenhamos um padrão de jogo definido, mas com ansiedade e pressão por resultado, ficará ainda mais difícil. Com certeza os jogadores que foram para os confins ainda não terão um grande impacto em seu desempenho devido a baixa competitividade dos campeonatos onde foram se meter. Nas próximas rodadas já não tenho a mesma convicção e acho que não seria bom arriscar. Este papo do Renato Augusto dizendo que na China o nível não é ruim, é papo pra boi dormir, não cola mesmo.

Esta é uma outra situação que me preocupa também: a falta de personalidade dos jogadores. O que leva o Renato a dar uma declaração desta, a não ser por conveniência e solidariedade ao Dunga que o convocou. Ele fez uma opção: dinheiro!!! Não é vergonha e ele tem todo o direito. O cara foi destaque do ultimo Brasileirão, jogou fora do país, rico, podemos dizer com acesso a informação no mínimo. O cara pode se posicionar melhor, no mínimo com mais personalidade.

Acontece que o nível das Eliminatórias não é alto e qualquer resultado é factível. Por isso estamos correndo o risco que os estaduais causam em alguns times aqui no Brasil, o de sermos enganados por resultados positivos mesmo que ao acaso ou mesmo que não merecidos. Fato é que estas duas rodadas serão emocionantes e imprescindíveis.

Como disse no inicio, não fiquei louco ainda, mas que esse futebolzinho jogado por aqui tem me deixado maluco, isso tem. Não será uma mata-mata, mas caso não tenhamos resultados positivos e dependendo do que aconteça nos outros jogos, as próximas rodadas serão sim uma decisão a cada jogo. Que tenhamos acima de tudo sorte, é o que eu posso esperar e que independe do que estamos construindo ou destruindo em nosso futebol. No mais, é vida que segue...


* Diego Ribas
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...