quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

25 anos depois... Senna x Prost

Quando pequeno sonhava em assistir Senna em Interlagos pilotando seu carrinho vermelho e branco e segurando a bandeira do Brasil. Devido ao trágico acidente naquele tenebroso final de semana em Ímola esse sonho se tornou impossível. Mal sabia eu que mais de 20 anos depois iria encontrar, meio que inesperadamente, seu herdeiro nas pistas, o sobrinho Bruno Senna.

Com Ayrton Senna cresci gostando de automobilismo, na década de 90 cortava meus pinos mágicos formando carrinhos de F1 que corriam por pistas imaginárias na sala de casa. Agora o brinquedo mudou e participo de campeonatos brasileiros de automobilismo virtual.

Como todo fã de corrida, acompanho portais e blogs de automobilismo e foi assim que descobri que a Formula E estava promovendo um duelo em Londres entre Bruno Senna e Nico Prost, filho do arqui-inimigo de Ayrton. Pra quem não conhece a Formula E, o Resenha Esportiva já falou melhor sobre a categoria.

Como estava perto de Londres fui procurar maiores informações sobre o evento e descobri que era um projeto bem legal de integração da Formula E com o automobilismo virtual. Qualquer jogador de vídeo game podia se inscrever pra tentar uma volta rápida no circuito de Long Beach e os seis que marcassem os melhores tempos disputariam uma prova final com Bruno e Nico. E claro, depois haveria um grande duelo entre os dois profissionais.

O evento ocorreu num shopping londrino dentro de uma sala de cinema projetada para finais de campeonatos de vídeo game. Sim, isso existe! Cabines com isolamento acústico, área para entrevistas e claro arquibancada para torcer em finais de jogos como FIFA, Counter Strike e Rocket League. Os games movimentam o lugar durante o ano todo.

Para o desafio, o jogo escolhido foi o Forza 6. Na final contra os jogadores de vídeo game, Prost e Senna terminaram nas últimas colocações (assista aqui), como os dois já previam nas entrevistas antes da corrida. Forza não é um simulador como alguns que existem no mercado e sim um jogo de puro entretenimento, dessa maneira destoa bastante da realidade física em que os dois estão acostumados.

Para o grande duelo, estavam previstas três corridas em pistas diferentes, mas Bruno deu um show, venceu a primeira com facilidade e mesmo com Nico Prost tentando cortar curva na ultima volta da segunda prova, Bruno Senna do Brasil segurou o primeiro lugar se sagrando campeão do primeiro Race Off da Formula E sem necessidade da terceira corrida.

Mesmo não sendo numa pista de verdade e nem com os lendários Ayrton Senna e Alain Prost foi emocionante participar de perto de um evento com os herdeiros dessas duas famílias que ainda hoje fazem história no automobilismo mundial.

Um grande abraço,

Pablo Cunha
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...