sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Quem segura o Warriors? Quem segura Curry?

Fala galera!

Após mais uma vitória nesta última quarta-feira (desta vez, a vítima foi o Dallas Mavericks), a equipe do Golden State Warriors chegou à incrível marca de 42-4. Isso quer dizer que dos 46 jogos nessa temporada até agora, a equipe saiu de quadra derrotada em apenas 4 oportunidades. Já ultrapassou o recorde que pertencia ao Chicago Bulls de 95/96 (sim, aquele mesmo que contava com Michael Jordan, Scottie Pippen e Steve Kerr), que era de 41-5, nos primeiros 46 embates. A busca pelo recorde histórico se mantém, e o GSW precisa vencer pelo menos mais 31 partidas dentre as 36 restantes para esta temporada regular para igualar o recorde de vitórias em uma única temporada deste mesmo Bulls 95/96, que é de 72.

Os números do Warriors são impressionantes até agora. É o time que mais pontuou, com média de 115.1 pontos por jogo. É também a equipe que mais pontuou de 3 pontos e que apresenta o melhor aproveitamento (42.6%) nas cestas de 3. Além disso, é a equipe com mais assistências e maior número de pontos de quadra (que incluem cestas de 2 ou então lances livres). Isso comprova que mais do que depender dos talentos individuais do time, eles são espetaculares também no coletivo. Prova disso é que nas últimas duas semanas, o GSW arrasou - por mais de 30 pontos de diferença - três das principais equipes desta temporada: Cleveland Cavaliers, Chicago Bulls e San Antonio Spurs.

Stephen Curry tem de ser mencionado aqui. Que ele é um monstro, todos já sabem. Tem um aproveitamento surreal em todos os fundamentos: chutes de quadra, chutes de 3 pontos, lances livres, assistências e até roubadas de bola. Está lutando jogo a jogo para bater recordes de maior pontuação, maior média de pontos por jogo (e afins) de Michael Jordan. E ainda se dá ao luxo de passar alguns 4º quartos inteiros no banco de reservas, vendo seus companheiros encerrarem o trabalho que ele fez muito bem nos outros 3 quartos da partida. E quando Curry não está (tão) inspirado, Klay Thompson e Draymond Green aparecem pro jogo. Prova disso foram os 45 pontos que Thompson marcou na última partida desta quarta-feira, que mencionei lá no início do post, contra o Mavs.

A verdade, meus amigos, é que está dando gosto de ver essa equipe jogar. Estão invictos (22-0) em casa e com um aproveitamento incrível fora de casa (20-4). Playoffs são playoffs, é outra história, é a fase onde se separam os homens dos meninos. Nada impede que o Warriors termine a temporada regular com o recorde histórico da liga, mas sofra uma eliminação nos playoffs. Seria zebra, com certeza, mas todos estão sujeitos. Mas pelo que estou vendo até agora dos jogos que pude acompanhar, é que a busca pelo bi-campeonato está a todo vapor.

Quem tiver a oportunidade de acompanhar uma partida que seja, faça este esforço. É história sendo escrita, dia após dia. Segure-se quem puder!

Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...