quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Paolo Maldini

Fala galera! Hoje o Lendas do Esporte volta com um dos maiores jogadores da história do futebol italiano, talvez um dos maiores zagueiros (eu sempre gostei mais dele na zaga do que na lateral esquerda) da história do futebol mundial, o ex-jogador Paolo Maldini.

O italiano de Milão é filho de Cesare Maldini, que também foi zagueiro do Milan e da seleção italiana entre as décadas de 50 e 60. Paolo, o filho e mito, entrou no clube rubro-negro em 1978, aos 10 anos de idade.

Passando por todas as categorias de base, fez sua estreia no time principal em janeiro de 1985, quando já havia completado seu 16º aniversário, é o jogador mais novo a atuar pelo Milan. De 85 até 2009, quando se aposentou, foram 24 anos de vitórias, títulos e reconhecimento.




Pelo Milan foram 902 partidas e 33 gols marcados, é o jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube, além de ser o recordistas de presenças na Série A italiana, com 647 partidas. Além disso conquistou sete Scudettos, uma Copa da Itália, cinco Supercopas da Itália, cinco Ligas dos Campeões, cinco Supercopas da Europa e três Mundiais. Foi capitão entre 1997 e 2009.

Foi eleito o segundo melhor jogador do mundo pela Fifa em 1995, perdendo apenas para George Weah. Além disso faturou o terceiro lugar da Bola de Ouro da France Football nos anos de 1994 e 2003.

Pela Seleção foram 126 jogos, marcando 7 gols. Fez parte da Seleção das Copas do Mundo de 1990 e de 1994, quando foi vice-campeão. Disputou ainda os Mundiais de 98 e 2002, sendo o jogador com maior número de minutos jogados na história das Copas. Ainda foi o capitão da Azzurra entre 1994 e 2002.

Quando Maldini aposentou deixou um exemplo de amor à camisa para as gerações futuras, mas para o torcedor ficou um sentimento de nostalgia por imaginar que dificilmente teremos outros jogadores assim...

Luiz Paulo Knop
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...