terça-feira, 11 de agosto de 2015

Os caçulinhas

Fala galera! De vez em quando pinta um estreante no Brasileirão da Série A, nos últimos anos tivemos casos como do Ipatinga, do Grêmio Barueri (que virou Prudente, voltou a ser Barueri e sabe-se lá onde tá hoje em dia) e do Brasiliense. Normalmente os times pouco duram na elite, talvez falte investimento, talvez falte tradição.

Na Europa também temos casos parecidos, porém nos últimos anos os novatos estão se mantendo, os melhores exemplos são o Hoffenhein e o Augsburg, ambos da Alemanha, e o Sassuolo, da Itália.

Para a temporada 2015/2016 temos cinco estreantes nas principais ligas da Europa e vamos apresentá-los para vocês. São eles:

Bournemouth (Inglaterra)
Fundado em 1890 com o nome de Boscombe. A maior façanha da equipe foi ter vencido o Manchester United na Copa da Inglaterra de 1984, quando o treinador era Harry Redknapp, que treinou o QPR na temporada passada. O time é conhecido também como The Cherries, por causa de seu antigo uniforme, que lembrava a cor das cerejas.

Carpi (Itália)
O time é da cidade de Modena e foi fundado em 1909 e refundado no ano 2000. Os Biancorossi, como são chamados, contam com quatro brasileiros no elenco: o goleiro Gabriel (ex-Cruzeiro), o lateral Wallace (ex-Fluminense), o meia atacante Ryder Matos (que esteve no Palmeiras esse ano) e meia Raphael Martinho (que foi revelado pelo Paulista de Jundiaí). Marco Materazzi e Simone Inzaghi são jogadores consagrados que passaram pelo clube durante a carreira.

Frosinone (Itália)
A equipe é da cidade homônima e existe desde 1912 com o nome de Frusinate. Em 1990 passou a se chamar Frosinone Calcio. Os Canarini (canarinhos) já contaram com o atacante brasileiro Éder, que hoje joga na Sampdoria.

Ingolstadt (Alemanha)
O time da Baviera é novo, tem apenas 11 anos de existência, ele surgiu depois que duas equipes da cidade declararam falência e se uniram, fundando o clube atual. O Die Schanzer faturou a segunda divisão na temporada passada e conta com Roger, meio campo que foi do Figueirense, e Danilo, zagueiro criado nas divisões de base do Grêmio.

Tondela (Portugal)
Nascido em 1933 no distrito de Viseu, o Tondela encerra nossa lista dos caçulinhas lembrando o Brasil, não só por ser um time português, mas por ter o uniforme verde e amarelo. O clube faturou a 2ª Liga na última temporada e para esse ano conta com sete brasileiros no elenco.

Será que os caçulinhas da Europa seguirão o caminho do Hoffenhein ou vão fazer como fizeram Brasiliense e Ipatinga? Façam suas apostas...

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...