sexta-feira, 7 de agosto de 2015

O retorno do "Príncipe"

No último dia 29 de julho aconteceu em Commerce City, no Colorado, a 20ª edição do All Star Game da Major League Soccer. O evento que antes era marcado por um jogo entre os melhores da Conferência Leste e da Conferência Oeste da liga, já há alguns anos tem como prato principal a partida entre os melhores jogadores da temporada contra algum grande time europeu, normalmente inglês. Em 2015 a Seleção da MLS, que contou com Gerrard, Lampard, Villa, Dempsey, Oba Oba Martins, Giovinco, Keane e Kaká, venceu por 2x1 o time do Tottenham.


O brasileiro, atleta do Orlando City, foi eleito o MVP (melhor jogador) da partida após marcar o primeiro gol da equipe de astros da liga e dar a assistência para o segundo gol, anotado por David Villa. Após a partida, diante do caos técnico que a nossa seleção vive, entrei em um dilema: Kaká não teria vaga na seleção brasileira?

Analisando o histórico do jogador e suas apresentações com a amarelinha, podemos lembrar que mesmo em má fase técnica, como foi durante o período de Real Madrid, ele sempre foi bem defendendo o Brasil.

Não seria interessante se Dunga, até mesmo como retribuição ao fato de Kaká ter jogado a Copa de 2010 lesionado, o que prejudicou sua carreira, o convocasse?

Mais do que isso, será que Kaká não preencheria a lacuna que existe para a faixa de capitão do time?

Eu apostaria no retorno do "Príncipe". E você?
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...