terça-feira, 4 de agosto de 2015

O ano da sobrevivência

Aconteceu na tarde da última segunda-feira, 3 de agosto, a apresentação oficial do elenco que defenderá o time masculino da UFJF durante a temporada 2015/2016 do voleibol. O evento contou com a presença do diretor técnico da equipe, Maurício Bara, do supervisor, Heglison Toledo, e do treinador da equipe, Alessandro Fadul, além de boa parte dos atletas e da comissão técnica.

Bara iniciou a coletiva destacando todo o processo que envolveu a possível parceria com o Flamengo, assunto que movimentou os meses de inter temporada do voleibol nacional. Após aprovada pela CBV, ficou a cargo do clube carioca a captação de patrocinadores e o prazo para a inscrição da equipe expirava em 30 de junho, o tempo era curto. Diante das dificuldades do rubro-negro e já com o prazo para o pagamento da taxa de inscrição na Superliga se esgotando, ficou definido que a UFJF entrará na competição com suas próprias forças e apesar do acordo não ter sido firmado, várias ações conjuntas entre a Universidade e o Flamengo serão realizadas no decorrer da temporada, entre elas uma parceria no trabalho das categorias de base e a troca de experiência com os projetos de pesquisa da UFJF.

Diante das dificuldades financeiras apresentadas e com orçamento 75% menor do que no anterior, Maurício disse que esse é considerado "o ano de sobrevivência, o que vier além disso é lucro, não vamos mentir". Alessandro Fadul contará com um elenco jovem, cuja média de idade é de apenas 23 anos, mas não menos capacitado. Bara explicou que a composição do elenco se divide em três grupos de jogadores, fazendo questão de ressaltar que isso não quer dizer uma divisão do grupo, somente do perfil dos atletas:

* Tatinho, Fábio Paes, Ninão e Alemão (que está emprestado ao São Bernardo para a disputa da seletiva para a Superliga), que são jogadores que já estavam no elenco no ano anterior, conhecem o projeto e aceitaram a nova realidade da equipe.

* Laerte, Matheus e Arthur, que subiram da base, assim como Tarik, que é irmão de Tatinho e também começou na base do Bom Pastor (parceira da UFJF no time juvenil).


* Diego, Phillip Fuchs e  Mark Plotyczer, jogadores que estavam fora do país e esperam ganhar espaço no vôlei nacional, e também Felipe Hernandez, que era do Minas e busca mais tempo de quadra nessa temporada. Mark é brasileiro naturalizado inglês e defendeu a Grã-Bretanha nas Olimpíadas de 2012, em Londres. Fuchs tem dupla nacionalidade brasileiro/americano e estava na BYU, universidade dos Estados Unidos. Já Diego foi campeão espanhol pelo Almería.

O elenco apresentado defenderá a equipe no Campeonato Mineiro que começa no próximo dia 21, contra o Três Corações, fora de casa. Antes disso, no dia 15, existe a possibilidade de um amistoso a ser disputado em Juiz de Fora, com adversário ainda indefinido.



Perguntado sobre as garantias financeiras para que a equipe chegue ao final da temporada sem prejuízo, o diretor técnico salientou que a receita é pequena, mas várias "engenharias financeiras" foram feitas para se adequar. Além de apoio financeiro, o clube conseguiu permutas que podem ajudar no decorrer do ano. Por hora a equipe tem como patrocinadores o Independência Trade Hotel, a GSport, o Subway, a Eject Confecções, a Ortra, a Ecoprint e a Fibratech, mas ainda há lacunas a serem preenchidas e a diretoria trabalha na captação de novos patrocinadores.

Segue abaixo a relação de todos os atletas com os clubes que defenderam na temporada passada e a idade:

Líberos: Fábio Paes (UFJF - 30) e Tatinho (UFJF - 23)
Centrais: Ninão (UFJF - 24), Diego (Almería/ESP - 28) e Matheus (Bom Pastor - 18)
Oposto: Alemão (UFJF - 27)
Levantadores: Felipe Hernandez (Minas - 21) e Tarik (São José - 19)
Ponteiros: Phillip Fuchs (BYU - 25), Mark Plotyczer (Tv Ingersoll Bull/ALE - 28), Laerte (Bom Pastor - 20) e Arthur (Bom Pastor - 17)*
* também atua como líbero
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...