sexta-feira, 12 de junho de 2015

Michel Preud'homme

Fala galera!

É impossível pensar nos melhores goleiros de todos os tempos e não falar de Michel Georges Jean Ghislain Preud’homme, ou simplesmente Preud'homme, que foi um dos mais sensacionais arqueiros que já pisaram nos gramados mundo afora. Uma prova de sua genialidade foi receber da torcida do Benfica o título de “o guarda-redes perfeito”. Começou sua carreira na Bélgica, aos 10 anos, atuando pelo Standard Liège. Foi lá onde fez toda sua formação, virando profissional na temporada de 1977/1978 e sendo campeão belga por duas oportunidades. Em 1986, foi para o KV Mechelen, onde sagrou-se campeão de um importante título na época, a Taça dos Clubes Vencedores das Taças, em 1987/1988.

Foi no KV Michelen que Preud'homme atuou até o ano de 1994, quando foi mundialmente reconhecido e aclamado, na disputa da Copa do Mundo nos EUA. A Copa de 90 talvez tenha sido seu auge técnico. Fez uma competição excepcional e a eliminação para o esquadrão de Lineker foi precoce. Mas foi em 1994 que ele fez um mundial brilhante e foi agraciado com o título de melhor goleiro da competição (e do mundo).

O que mais chamava a atenção neste belga era o fato dele encaixar bolas com facilidade, mesmo de chutes altos de fora da área; era um goleiro sem alvoroço, discreto e de uma eficiência impar. Não era de se esperar de Preud´homme atuações extravagantes, como a de alguns goleiros que se preocupam mais em sair nas câmeras dos fotógrafos do que no intuito de ser eficiente. Preud´homme nunca causava estardalhaço e fazia as defesas com o mínimo de movimento possível. E foi isso que o elevou a ter uma classe invejável.

Contratado junto ao Benfica de Portugal, foi o primeiro goleiro de outra nacionalidade a defender o gol dos Encarnados. No clube português, fez 199 partidas e tomou apenas 41 gols, o que lhe rendeu a incrível (e quase inacreditável marca) de 1 gol sofrido a cada 5 jogos. Isso mesmo, a cada 5 jogos que esse cara jogava, ele só tomava 1 gol! Não a toa, recebeu dos torcedores do Benfica o apelido de Saint Michel. Foi lá que ele conquistou a Taça de Portugal, na temproada 1995/1996.

Abaixo, tô postando uma rápida compilação com as principais defesas da carreira de Preu'homme, dá pra entender um pouquinho de onde veio o apelido de Santo Michel:


Hoje, atuando como treinador, Michel Preud'homme faz um belo trabalho à frente da equipe belga do Club Brugge K.V., desde 2013. Neste ano, por exemplo, terminou em 1º lugar da Liga Jupiler, na disputa de pontos corridos. Mas veio a derrota nos playoffs e afastou o sonho do título belga do clube, que perdura desde a temporada 2004/005.

Até a próxima!

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Penso que o Dasayev estava no mesmo nivel dele, porem a falta de sorte do mesmo é que ele foi transferido para o Sevilla tarde.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...