quarta-feira, 6 de maio de 2015

Pororoca FC

Fala galera! Começa o Brasileirão, começa o Cartola FC, já virou tradição! No game virtual a estratégia é simples, você tem uma grana disponível e monta seu time, de acordo com o desempenho de seus jogadores escolhidos seu "caixa" aumenta ou diminui, é assim também que você marca pontos no game.

E junto com o Cartola é que vou estrear uma nova sessão do Resenha Esportiva, o Eu+10.

A dinâmica é simples, um amigo ou leitor vai escolher a sua seleção de todos os tempos, vale jogador brasileiro, estrangeiro, intergalático, tanto faz... só que um time de futebol conta com 11 jogadores e o do amigo vai ter apenas 10. Por que isso? Porque o 11º jogador é o próprio!

Ah!! Ele também vai ter que escolher o esquema tático, o nome do time e o treinador. Mas ainda não acabou, ele também é obrigado a explicar porque está nessa posição, e também valem alguns comentários sobre os jogadores escolhidos. Então tá lançado o desafio!

E pra inaugurar nosso post vamos com a seleção de mais um ex-atual-antigo blogueiro, quem começa é o "lateral direito" Mário Soares, que entra na vaga de Cafu e coloca a braçadeira de capitão do Pororoca FC, time comandando por Sir Alex Fergunson.

Na defesa a segurança de Dida, Cannavaro, Maldini e os potentes chutes de Roberto Carlos. Um meio de campo extremamente técnico com Pirlo, Figo e Zidane, quem marca nesse time? Não importa... importa é que Ronaldinho Gaúcho, Messi e Ronaldo estão lá na frente pra fazer os gols.


"Nessa seleção procurei escalar os melhores jogadores que eu vi jogar, podem ver que todos boleiros selecionados fizeram muito sucesso na década de 2000. A maior dificuldade na hora de montar a seleção, foi ao selecionar o ataque, a dúvida era: Ronaldo ou Romário? São jogadores que considero, mas minha escolha pelo Ronaldo foi por um fato fundamental, que é a Copa do Mundo de 2002, o único mundial que eu vi o Brasil ganhar e que eu me lembro claramente. Nesse mundial o Fenômeno foi artilheiro da Copa e marcou os dois gols do título.

Entre tantos craques no time do Pororoca tem um que se destaca ainda mais, o camisa 17, Mário Soares. A minha opção de jogar pela lateral direita do time é por gostar do jogo baseado na correria, e nada melhor que jogar na lateral. Quando bem preparado e em forma, consigo dar um bom apoio no ataque e sobra fôlego para voltar e ajudar na marcação pelo lado direito defensivo."

E assim encerramos nosso post de hoje, com a declaração do capitão do Pororoca FC, Mário Soares.

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...