quarta-feira, 13 de maio de 2015

É o Brasileirão!?!?

Ontem, domingo, quando acabou a primeira rodada do campeonato brasileiro fiquei morrendo de vontade de escrever um monte, principalmente sobre a pobreza do jogo Vasco x Goiás. O último que assisti nesse fim de semana de muitos jogos. Era o encontro do campeão carioca jogando em casa contra o campeão goiano. Falando do jogo, eram os campeões e é só isso que dá pra dizer, só... Se não fosse esse jogo, daria pra dizer que a primeira rodada foi aceitável... Ainda bem que hoje, ouvindo, pensando em tudo que estão dizendo, e refletindo no que eu mesmo disse na semana passada: o que valia mesmo esta primeira rodada? Nada!!! Primeira rodada que não vale nada mesmo. Tirando os que ganharam, independentemente de jogarem contra times reservas, mistos, titulares, mas que no final somaram três pontos, pro restante, não valeu nada.

Aliás serviu sim, pois duvido que alguns torcedores já não ficaram pensando no sofrimento que os aguardam até o fim do campeonato. Estou falando muito mais do campeão carioca do que do Flamengo. Mas já que é pra economizar, pra sanear as dívidas, para que ficar duas semanas treinando fora de casa (pagando diárias em Atibaia), pra apresentar esse futebolzinho aí? Mas também, na agua, jogando contra Pato e Ganso, pode treinar mais um mês... (desculpa não resisti). Mas esse Luxemburgo e o Tite, os letrados do futebol brasileiro, não me descem mais. O pior é saber o quanto eles ganham. Mas tudo bem, não sou eu que estou saneando minhas dívidas. Alias, falei sobre isso na minha estreia aqui no blog. Mas vida que segue. Quem sabe os espanhóis do futebol brasileiro vão inventar uma nova teoria econômica. Até lá, a conta é simples: preço dos ingressos altos.


Pensando ainda no que nos reserva esta semana, “pobre brasileirinho”. É Copa do Brasil, LIBERTADORES, Champions League... Pobre primeira rodada... Mas deixa isso pra lá... Ainda temos até o fim do ano pra discutirmos sobre arbitragem, tampão em nome de estádio pra não desagradar a “patrocinadora”, e por aí vai... deixa pra lá... deixa pra lá... É o meio de semana de jogos decisivos... jogaços... é matar ou morrer, é estádio lotado, é pressão, é time titular, sem “nhenhem”... Inter X Galo!!! Corinthians X Guarani (virou um timaço)!!! Cruzeiro X São Paulo!!! Não tem comparação mesmo. Tem que priorizar, poupar, porque estes valerão muito, para o bem e para o mal. Para o bem, pois os que ganharem, continuarão a caminhada. Para o mal, pois os que perderem ficarão órfãos do que fazer... de começarem um novo trabalho, reformularem, pedir reforços, trocar o treinador e por aí vai a criatividade da nossa cartolagem.


E a CHAMPIONS? Aí é sacanagem, coitada da primeira rodada do nosso brasileirão... Alguém pode garantir com toda certeza que o Bayer não tem chance? Que o 1x0 é tranquilo para os Galaticos? Sinceramente, não arrisco nada. Mas o que eu gostaria e gostaria com todas as forças, é ver um Real e Barça na final. Já pensaram: Messi X C. Ronaldo? Os dois disputando gol a gol a artilharia da liga de todos os tempos. Quem decidirá a final? Quem é o melhor dos dois? Quem é o mais decisivo? Mas o sambado do Tevez, não tem como ignorar, o cara está jogando muito e merece...


Meus amigos, ainda tem a Copa do Brasil! Tem cidade que só pensa nisso. É o jogo do ano pra muita gente. Times sem expressão nacional com chances de marcar o seu nome no futebol brasileiro. É, não tem jeito, pobre brasileirão. A Copa do Brasil é muito mais charmosa neste momento. E será ate o final do ano. Sabe por quê? Porque não tem jogo pra encher linguiça, pra cobrir a grade da programação. Todo jogo é decisivo, do inicio ao fim do campeonato. Uns não podem tomar dois gols. Outros querem eliminar o segundo jogo. Lembram da comemoração de alguns times ao fazerem o gol que dava o direito de viajar ao Rio? Imagina o vestiário do Tupi depois do jogo contra o Furacão em plena casa do Atlético... pobre brasileirão... você não tem culpa... Depois da Copa América, a gente se fala...


Apenas pra finalizar sobre o brasileirão... “eu não vou negar que sou louco por você. Estou maluco pra te ver... eu não vou negar...” Mas por enquanto, tá difícil... tá muito difícil...


* Diego Ribas
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...