sexta-feira, 22 de maio de 2015

Adios, Xavi

Fala galera!

Pra quem lê o título do post, a ideia é bem simples: mais um jogador está chegando ao final de sua carreira e está se aposentando. Mas este é um caso especial, não se trata de qualquer jogador, nem de qualquer carreira, e muito menos de aposentadoria. Mas parece com uma. Após 24 anos, Xavi diz "adeus" ao Barcelona, mas não ainda ao futebol.

Ontem foi confirmado oficialmente, em uma coletiva, que a partir da próxima temporada Xavi não jogará mais pelo time espanhol. Após 24 anos de serviço no time em que chegou ainda criança e jogou por toda a vida, o jogador espanhol confirmou a assinatura de contrato pelo próximos dois anos (renováveis por mais um) com o Al Sadd, do Qatar. Foi no Barcelona que Xavi debutou, foi formado e virou um dos astros do futebol mundial.

Tudo começou com a perda de espaço que Xavi teve nesta temporada. O croata Ivan Rakitić chegou e assumiu a posição de titular ali no meio campo, ao lado de Iniesta. O trio de ataque é intocável, com Messi, Neymar e Suarez. Aos poucos, Xavi foi perdendo seu lugar cativo. Dos 57 jogos disputados pelo Barcelona, Xavi participou de 41 deles. Parece muito, mas na realidade, ele só entrou como titular em 20 ocasiões. Seus números também não colaboraram: foram 2 gols e 9 assistências.

Mas o espírito competitivo falou mais alto. Xavi quer continuar jogando, competindo e está aproveitando enquanto ainda tem idade para continuar fazendo o que ama. Sua coletiva foi intensa e emotiva e ele foi firme em sua decisão: "Quero agradecer ao clube, que confiou em mim. Nas últimas semanas, me ofereceram a renovação até 2018, mas a decisão estava tomada. Quero agradecer o apoio da torcida e espero não decepcionar ninguém. Será complicado não vestir a camisa do Barça. Não queria que chegasse este momento, mas entendo que é a hora de ir". O mais engraçado foi que ele revelou que escondeu de sua própria mão a oferta da renovação feita pelo Barça, já que ela é fanática pelo clube e ficaria p. da vida se ele não aceitassa.

Infelizmente, é mais um dos grandes nomes do futebol que perdemos para o futebol distante. Seja árabe, seja chinês ou seja pra liga dos Estados Unidos, um pouco mais perto daqui. É fato que Xavi não foi atrás de dinheiro, ao contrário do que a grande maioria faz, mas sim atrás de continuar fazendo que gosta (e o que sabe, convenhamos). É provável sim que ele vá atrás de títulos no Qatar, mas nada que se compare aos 23 títulos que ele já conquistou com a equipe basca: oito títulos do Campeonato Espanhol, duas Copas do Rei, três Ligas dos Campeões e dois Mundiais de Clubes, entre os principais.

Sua intenção é de retornar ao Barcelona ainda, mas não mais como jogador. Técnico ou diretor seriam as opções mais prováveis. Seu estilo sereno, futebol cadenciado, toque de bola preciso e inteligência notória deixarão saudades...

Adios, Xavi.

Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...