segunda-feira, 30 de março de 2015

Gol olímpico

Fala galera! Um dos gols plasticamente mais bonitos e mais difíceis do futebol é o gol olímpico, concordam? Nas últimas décadas poucos foram os jogadores especialistas no lance. Entre os que atuaram no Brasil podemos citar "o craque" Neto, o meia Marcelinho Carioca e o sérvio Dejan Petkovic, que segundo informações apuradas é o recordista mundial de gols olímpicos. Também vi algumas informações de que o recorde pertence ao italiano Massimo Palanca, que atuou entre 1971 e 1990 em alguns clubes de menor expressão e com uma rápida passagem pelo Napoli, mas não temos registros confiáveis.

Pet anotou nove gols olímpicos em sua carreira, todos em solo brasileiro, foram cinco pelo Flamengo, três pelo Fluminense e um pelo Vitória.

Só pra mostrar como o feito é complicado, na história das Copas do Mundo, em todos os 836 jogos disputados até hoje, de todos os 2379 gols anotados, apenas um foi olímpico. A façanha coube ao colombiano Marcos Coll que fez o segundo dos quatro gols da equipe sul-americana no empate por 4x4 com a União Soviética do goleirão Yashin. A tento aconteceu aos 23 minutos do segundo tempo e os europeus venciam por 4x1 naquele momento.

Mas afinal, por que se chama gol olímpico?

Até 1924 o gol feito diretamente do escanteio era proibido, quando acontecia o juiz marcava tiro de meta para o adversário. Sabe-se lá porque. Em junho desse ano a International Board modificou algumas regras, entre elas a do gol de escanteio.

No dia 2 de outubro do mesmo ano a Argentina promoveu um amistoso contra o Uruguai, que retornava de Paris com o título de campeão olímpico de futebol, em final vencida por 3x0 contra a Suíça. A partida comemorativa aconteceu em Buenos Aires e terminou 2x1 para os argentinos, sendo que um dos dois gols da vitória, gol marcado por Cesáreo Onzari, aconteceu direto de um escanteio.

Ali nascia o gol olímpico, uma forma argentina de zombar os campeões olímpicos.

Mas se você pensa que acabou está enganado, esse não foi o primeiro gol olímpico da história. Ainda sem o "apelido" criado pelos argentinos, o escocês Billy Alston marcou para o St. Bernard pela Liga Escocesa cerca de 40 dias antes, sendo esse o pioneiro.

Confiram agora a lista com os nove gols de Petkovic
1. Vitória 2 x 2 Palmeiras - Copa do Brasil de 1999 - Fonte Nova
2. Flamengo 3 x 3 Vasco - Carioca de 2000 - Maracanã
3. Flamengo 4 x 1 Madureira - Carioca 2001 - Maracanã
4. Flamengo 4 x 2 Olaria - Carioca 2001 - Giulite Coutinho
5. Fluminense 2 x 1 Universidad Católica - Sulamericana 2005 - Maracanã
6. Fluminense 4 x 4 Grêmio - Brasileirão 2006 - Olímpico
7. Fluminense 2 x 2 São Caetano - Brasileirão 2006 - Maracanã
8. Flamengo 2 x 0 Palmeiras - Brasileirão 2009 - Parque Antártica
9. Flamengo 3 x 1 Atlético-MG - Brasileirão 2009 - Mineirão
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...