segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Mais um brasileiro na Fórmula 1

Emerson e Piquet em 1980
Fala galera! Na semana passada foi anunciado que Felipe Nasr, brasileiro que disputa a GP2 nessa temporada, será piloto titular da Sauber na temporada 2015. A confirmação de Nasr faz com que ele seja o 31º brasileiro a ser piloto titular na maior categoria do automobilismo mundial.

Desde Chico Landi, entre os anos de 51 e 56, passando por Emerson Fittipaldi, o primeiro brasileiro campeão, e a dupla de tricampeões, Nelson Piquet e Ayrton Senna, até a temporada atual, já foram 30 (2 deles estrangeiros naturalizados brasileiros) pilotos defendendo as cores de nosso país, muitos com destaque, outros que não deixaram lembranças.

 Nessa semana que antecede a etapa final da Fórmula 1 2014 vamos priorizar o assunto e começamos com os números de todos os "brazucas" da história. Será que você se lembra de todos eles?

1. Chico Landi - 4 temporadas (51-53 e 56) - 6 GPs - 1,5 pontos
2. Gino Blanco - 1 temporada (52) - 4 GPs
3. Nano da Silva Ramos - 2 temporadas (55 e 56) - 7 GPs - 2 pontos
4. Fritz d´Orey - 1 temporada (59) - 3 GPs
5. Emerson Fittipaldi - 11 temporadas (70-80) - 149 GPs - 14 vitórias - 6 poles - 35 pódios - 281 pontos - 2 títulos mundiais (72 e 74)
6. Wilsinho Fittipaldi - 3 temporadas (72-73 e 75) - 38 GPs - 3 pontos
7. José Carlos Pace - 6 temporadas (72-77) - 73 GPs - 1 vitória - 1 pole - 6 pódios - 58 pontos
8. Luiz Pereira Bueno - 1 temporada (73) - 1 GP
9. Ingo Hoffmann - 2 temporadas (76-77) - 6 GPs
10. Alex Dias Ribeiro - 3 temporadas (76-77 e 79) - 20 GPs
11. Nelson Piquet - 14 temporadas (78-91) - 208 GPs - 23 vitórias - 24 poles - 60 pódios - 485,5 pontos - 3 títulos mundiais (81, 83 e 87)
12. Chico Serra - 3 temporadas (81-83) - 33 GPs - 1 ponto
13. Raul Boesel - 2 temporadas (82 e 83) - 30 GPs
Senna e Rubinho em 94
14. Roberto Pupo Moreno - 7 temporadas (82, 87, 89-92 e 95) - 75 GPs - 1 pódio - 15 pontos
15. Ayrton Senna - 11 temporadas (84-94) - 162 GPs - 41 vitórias - 65 poles - 80 pódios - 610 pontos - 3 títulos mundiais (88, 90 e 91)
16. Maurício Gugelmin - 5 temporadas (88-92) - 80 GPs - 1 pódio - 10 pontos
17. Christian Fittipaldi - 3 temporadas (92-94) - 43 GPs - 12 pontos
18. Rubens Barrichello - 19 temporadas (93-2011) - 326 GPs (recorde da categoria) - 11 vitórias - 14 poles - 68 pódios - 636 pontos
19. Pedro Paulo Diniz - 6 temporadas (95-2000) - 99 GPs - 10 pontos
20. Ricardo Rosset - 3 temporadas (96-98) - 33 GPs
21. Tarso Marques - 3 temporadas (96-97 e 2001) - 26 GPs
22. Ricardo Zonta - 5 temporadas (99-2001 e 2004-2005) - 37 GPs - 3 pontos
23. Luciano Burti - 2 temporadas (2000-2001) - 15 GPs
24. Enrique Bernoldi - 2 temporadas (2001-2002) - 29 GPs
25. Felipe Massa - 12 temporadas (2002 e 2004-2014) - 211 GPs - 11 vitórias - 16 poles - 38 pódios - 914 pontos
26. Cristiano da Matta - 2 temporadas (2003-2004) - 29 GPs - 13 pontos
27. Antônio Pizzonia - 3 temporadas (2003-2005) - 20 GPs - 8 pontos
28. Nelsinho Piquet - 2 temporadas (2008-2009) - 28 GPs - 1 pódio - 19 pontos
Nasr e Massa: os brasileiros em 2015
29. Bruno Senna - 3 temporadas (2010-2012) - 26 GPs - 16 pontos
30. Lucas di Grassi - 1 temporada (2010) - 19 GPs
31. Felipe Nasr

E ainda tivemos Luiz Razia, que chegou a fechar contrato com a Marussia anos atrás mas que na hora H deu tudo errado e ele não pegou a vaga de titular.

É inegável que o país conta com tradição no esporte, mas também é importante ressaltar que não existe apoio algum da Confederação Brasileira de Automobilismo. Sem apoio financeiro da família ou de algum patrocinador forte, é impossível obter resultados a curto prazo.

Amanhã voltamos com mais Fórmula 1.

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...