sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Hamilton x Rosberg: chegou a hora da verdade

Fala galera!

Pra quem tá acompanhando, durante toda a semana, o Resenha está fazendo um especial da Fórmula 1, em homenagem à última e decisiva semana do mundial deste ano. Os posts estão fazendo bastante sucesso e tendo uma aceitação muito boa dos nossos leitores. Na segunda-feira, falamos sobre o novo brasileiro que atuará na F1 no ano seguinte e listamos todos os brasileiros que já tiveram participação. Na terça-feira, o presidente Luiz Paulo listou as 5 melhores corridas do ídolo Ayrton Senna, imperdível! Na quarta-feira, contamos o que aconteceu no fatídico dia em que Damon Hill não riu e ontem falamos de um dos maiores duelos da história da F1, o embate entre Senna e Prost. Se vocês ainda não leram algum desses posts, leiam pois vale a pena. Todos eles vêm cheio de informações e a nossa pitada de opinião.

Hoje vamos falar da última e decisiva etapa da F1 deste ano, que será disputada no domingo, às 11h (horário de Brasília), em Abu Dhabi. Após um ano repleto de polêmicas (dentro e fora das pistas), o inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg chegam com chances de títulos. A diferença de pontos é de 17 (334 a 317) a favor do inglês. Pra completar, com a regra dos pontos dobrados na etapa final, a disputa fica ainda mais acirrada. Caso Nico vença, por exemplo, Lewis será obrigado a conseguir o 2º lugar para ser campeão. Veja abaixo, numa tabela feita pela Globo, o que cada um deles precisa fazer para terminar a corrida como campeão mundial de 2014:


A verdade é que ninguém sabe como está o clima entre os dois. Ninguém sabe se a amizade foi, de fato, selada, ou se os ânimos continuam exaltados. No início do ano, quando a Mercedes já havia se destacado na pré-temporada e se mostrado favorita, o inglês e o alemão estavam muito animados e ansiosos com a provável briga pela taça e disseram que a amizade não seria abalada por conta disso. Pura balela. Nas três primeiras etapas, o duelo foi como tem de ser, limpo e esportivo. Mas aí todos sabem da história: veio o estopim no treino classificatório de Mônaco, onde Rosberg foi acusado de provocar a bandeira amarela justamente pra impedir Hamilton de conquistar a pole position. Depois, houve o toque entre eles no GP da Bélgica, por uma exaltação de Nico. Aí virou briga declarada.

No domingo, estejam atentos pois a briga vai ser boa. O campeonato ainda está em aberto e um descuido por qualquer um dos pilotos pode ser crucial para decidir quem se consagrará campeão. O GP de Abu Dhabi vai ser imperdível.

Lewis Hamilton bicampeão ou Nico Rosberg colocando seu nome pela primeira vez na seleta lista do campeões?

Façam suas apostas!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...