terça-feira, 14 de outubro de 2014

A maior goleada da história do futebol brasileiro

Fala galera! No último dia 7 de outubro mostramos pra vocês as maiores goleadas da história do futebol. Apresentamos a goleada oficial, em partida pelas Eliminatórias da Copa de 2002, e uma outra que aconteceu no Campeonato de Madagascar, mas que não é reconhecida como tal.

Alguns amigos me perguntaram depois disso: e qual seria a maior goleada da história do futebol brasileiro? E nada mais justo que fazer em forma de comemoração, já que hoje completamos 1500 posts no Resenha Esportiva!

A resposta não é difícil de achar, já li muitas vezes sobre tal partida e ficou fácil de escrever sobre ela. A maior goleada da história do futebol brasileiro aconteceu no dia 30 de maio de 1909, em partida disputada no campo da Rua Voluntários da Pátria, no Rio de Janeiro. Na ocasião o Botafogo venceu o Mangueira por 24x0.

As equipes saíram para o intervalo com o placar parcial marcando 9x0 para o Fogão, sendo assim, mais 15 gols foram marcados na segunda etapa, totalizando os 24.

Nessa partida Gilbert Hime marcou 9 gols, sendo o recordista em uma única partida até 1976, quando Dadá Maravilha marcou 10 gols jogando pelo Sport, em partida que terminou 14x0 contra o Santo Amaro, pelo Campeonato Pernambucano.

Mesmo com a goleada o Botafogo não alcançou o título do Carioca daquele ano, honraria que pertenceu ao Fluminense, campeão invicto com 8 vitórias e 2 empates, marcando 45 gols e sofrendo 8. O Botafogo ficou em segundo lugar com 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Já o Mangueira foi o lanterna, terminando na 6ª colocação sem vencer nenhuma partida, empatando apenas uma das 10 que disputou. Ao todo a equipe marcou 4 gols e sofreu 45.

Ainda participaram dessa edição do Carioca as equipes do América, do Riachuelo e do Haddock Lobo.


Data: 30/05/1909 Competição: Campeonato Carioca Local: Rua Voluntários da Pátria Árbitro: Antônio Miranda

Botafogo: Coggin, Raul Rodrigues e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Edgard Pullen; Henrique Teixeira, Flávio Ramos, Monk, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré.

Mangueira: Luiz Guimarães, José Perez e Carlos Mongey; Victor, Jonas Cunha e Justino Fortes; Alberto Rocha, João Pereira, Menezes e Maranhão.

Gols – Gilbert Hime (9), Flávio Ramos (7), Monk (2), Lulu Rocha (2), Raul Rodrigues, Dinorah, Henrique Teixeira e Emmanuel Sodré.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...