sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Os 15 jogadores mais bem pagos das Américas

Fala galera!

Há quase 1 ano, em outubro de 2013, falamos dos salários astronômicos nos esportes. Listamos quais eram os atletas mais bem pagos da atualidade. No top 10, apenas 2 jogadores de futebol estavam no meio, eram eles David Beckham e Cristiano Ronaldo. Os outros salários astronômicos pertenciam a outros esportes, como boxe, golfe, basquete (NBA) e futebol americano (NFL).

Já sabemos que alguns jogadores recebem salários absurdamente altos, como é o caso, além de Cristiano Ronaldo que citamos acima, de Messi, Ibrahimovic, Falcao Garcia, Bale, Neymar e cia. No entanto, nesta semana, a conceituada revista Forbes divulgou o ranking dos 15 maiores salários pagos aos jogadores das Américas. No caso, obviamente, estamos falando de América do Sul, América Central e América do Norte. E é aí que reparamos o banho que as ligas norte-americanas e canadenses estão dando nos demais países, em termos de pagamento de salários.

Dos 15 salários, 11 pertencem à América do Norte (8 dos EUA, 2 do Canadá e 1 do México), e apenas 4 pertencem à América do Sul (no caso, todos no Campeonato Brasileiro).

Confira abaixo a lista do top 15, que mostra o salário anual recebido pelos jogadores, em dólares:

  1. Frank Lampard - New York City - US$ 7,8 milhões
  2. Kaká - Orlando City - US$ 6,7 milhões
  3. David Villa - New York City - US$ 6,7 milhões
  4. Clint Dempsey - Seattle Sounders US$ 6,69 milhões
  5. Michael Bradley - Toronto FC - US$ 6,5 milhões
  6. Jermain Defoe - Toronto FC - US$ 6,18 milhões
  7. Alexander Pato - São Paulo - US$ 4,6 milhões
  8. Thierry Henry - NY Red Bull - US$ 4,5 milhões
  9. Robbie Keane - LA Galaxy US$ 4,5 milhões
  10. Landon Donovan - LA Galaxy US$ 4,35 milhões
  11. Fred - Fluminense - US$ 4 milhões
  12. Tim Cahill - NY Red Bull - US$ 3,63 milhões
  13. Andrés d'Alessandro - Inter - US$ 3,2 milhões 
  14. Robinho - Santos - US$ 3,1 milhões
  15. Oribe Peralta - América - US$ 2,7 milhões
Os quatro brasileiros que pertencem à lista são Alexandre Pato (São Paulo), Fred (Fluminense), D'Alessandro (Internacional) e Robinho (Santos). Kaká é o segundo atleta mais bem pago das Américas, mas pertence ao Orlando City, embora esteja atuando pelo São Paulo.

Fica notório o motivo pelo qual muitos jogadores hoje em dia estão migrando para a liga norte-americana e canadense, uma vez que os salários são razoavelmente altos e eles não precisam de se submeterem a longas distâncias e condições "complicadas" em ligas como a do Qatar, China, Russa, Ucrânia e afins. Inclusive alguns medalhões, como Henry, Robbie Keane e Donovan, estão por lá. 

Aos poucos, a liga norte-americana vai ficando mais competitiva, mais técnica e conquistando seu espaço nas notícias e jornais esportivos. Juntando a isso o fato do futebol estar se tornando moda e sendo visto por outros olhos pelos americanos, junta-se o útil ao agradável, a fome com a vontade de comer. 

Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. A parte mais llegal é que muitas pessoas brigam e se matam sem receber 1 centavo, enquanto isso jogadores recebem milhões para fingir que fazem algo.
    Se um trabalhador comum recebesse U$300 mil por mês correria 1 maratona por dia sem reclamar...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...