sexta-feira, 5 de setembro de 2014

FIFA15 x PES2015: qual você vai escolher?

Fala galera!

Já é comum falarmos aqui no Resenha Esportiva de futebol virtual. Já fizemos a resenha do FIFA 13, fizemos também a do FIFA 14 e falamos até no FIFA World, que é um jogo gratuito e online lançado pela EA. Agora no segundo semestre, como acontece todo ano, serão lançadas as novas versões dos jogos de futebol e, diante disso, volta à cena toda aquela costumeira rivalidade entre FIFA e PES.

Como já é de praxe nos últimos anos, tanto a Eletronic Artes, produtora do Fifa, quanto a Konami, produtora do Pes, divulgam as suas novidades com certa antecedência, buscando atrair o maior número de fãs antes mesmo do seu lançamento. Dessa forma, vamos falar um pouco sobre o que esperar de cada uma das franquias, pra que você possa tomar a decisão certa ao escolher um deles.

O FIFA 15 promete a mesma jogabilidade excelente dos últimos anos, marca registrada da franquia. É por isso que se vê poucas mudanças bruscas de jogabilidade a cada edição, pois como diz o ditado, "em time que está ganhando, não se mexe". Uma das novidades para esta edição está no giro da bola, que passará a depender completamente do ponto onde o pé do jogador a atingiu e quanta força ele aplicou no momento do toque. Os goleiros e suas reações também receberam uma atenção especial e foram modificados e aperfeiçoados, graças às boas atuações dos goleiros na Copa do Mundo. Outra novidade diz respeito ao gramado, que poderá ser considerado uma mudança bem significativa. Ele sofrerá danos de acordo com o decorrer da partida, ou seja, sofrerá alterações tanto com as ações dos jogadores quanto com as do clima. Um carrinho e uma chuva forte, por exemplo, podem acarretar em marcas e barro no gramado. Como ponto desfavorável à franquia, está a ausência do Campeonato Brasileiro. Pra quem curte jogar com os times nacionais, essa é uma grande desvantagem, já que a EA não chegou a um acordo para poder licenciar as equipes.

O PES 2015, ao que tudo indica, será bem diferente do seu antecessor. A Konami anunciou, em publicação no seu site oficial, uma lista recheada de novidades para o famoso game de futebol. Uma das novidades é o tempo de resposta maior. Com isso, os jogadores terão controles mais rápidos e instintivos, tanto com a bola como sem a bola. Além disso, novos dribles e controle de bola mais apurado e variações de movimentos estarão no novo game. Como no FIFA 15, espera-se melhoras também para o quesito torcidas. Espera-se que haja mais interação e realidade entre os torcedores e o jogo, com direito até a cantos e gritos durante as partidas. E, por último, a franquia ganha o novo modo My Club, que funciona como uma Master League Online, com treinadores acumulando pontos ou fazendo micro-transações para montar sua equipe. O PES sim contará com o Campeonato Brasileiro, além da Copa Libertadores e UEFA Champions League, todos devidamente licenciados. Outra inovação do jogo, já existente na franquia FIFA, é a atualização semanal online que os torneios terão. Com isso, as equipes terão elenco semelhante aos times em carne-e-osso, o que inclui melhoras e pioras do desempenho dos atletas virtuais, dependendo da performance da versão real dos jogadores.

Fifa 15 será lançado dia 23 de setembro com versões confirmadas para PlayStation 4, Xbox One, PC, PlayStation 3, Xbox 360, Nintendo Wii, 3DS e PS Vita. Só chegará ao Brasil no dia 9 de outubro, embora a versão digital já possa ser adquirida desde o lançamento, claro. 

Já o PES 2015, será lançado no Brasil em 11 de novembro, mesma data de lançamento do game nos Estados Unidos e em outros países das Américas. A data de 13 de novembro, segundo a produtora japonesa, vale para a Europa. O jogo terá versões para Xbox One, PlayStation 4, Xbox 360, PlayStation 3 e PC.

Como faço todo ano, é provável que eu baixe o demo de ambos e analise qual a melhor opção (pra mim, é claro). Joguei PES (na verdade, Winning Eleven) durante minha vida inteira, até 2012, quando o FIFA passou a ser melhor (novamente, pra mim). Desde então, virei cliente da EA e deixei a Konami de lado. Este ano ainda não sei, mas seja qual for, depois eu volto pra fazer a resenha anual.

Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...