quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Campeonato Brasileiro de Masters

Fala galera! Em pleno ano de 2014, ano da 20ª edição da Copa do Mundo de Futebol, ano em que se questiona o futebol brasileiro como nunca antes já se viu. E justamente em 2014 podemos perceber que a longevidade de alguns atletas extrapola qualquer limite do óbvio. Seria isso uma falta de qualidade dos novos jogadores ou uma dificuldade do veterano largar o osso?

Hoje são jogadores em final de carreira, mas há 10, ou até mesmo 15 anos atrás, poderiam ser a base da nossa seleção.

Vejam algum dos nomes que são da época em que o Brasileirão ainda não era de pontos corridos.

Goleiros
Dida - 40 anos - Inter
Rogério Ceni e seus cabelos no início da carreira
Rogério Ceni - 41 anos - São Paulo
Magrão - 37 anos - Sport

Laterais
Léo Moura - 35 anos - Flamengo
Ceará - 34 anos - Cruzeiro
Juan - 32 anos - Vitória
Julio César - 32 anos - Botafogo

Zagueiros
Lúcio - 36 anos - Palmeiras
Juan - 35 anos - Inter
Índio - 39 anos - Inter
Leonardo Silva - 35 anos - Atlético Mineiro

Volantes
Josué - 35 anos - Atlético Mineiro
Fahel - 33 anos - Bahia
Tinga - 36 anos - Cruzeiro
Alex e seu capacete pelo Coxa na década de 90

Meias
Alex - 36 anos - Coritiba
Zé Roberto - 40 anos - Grêmio
Paulo Baier - 39 anos - Criciúma
Danilo - 35 anos - Corínthians

Atacantes
Júlio César - 34 anos - Coritiba
Souza - 33 anos - Criciúma
Luis Fabiano - 33 anos - São Paulo
Alecsandro - 33 anos - Flamengo

São 22 jogadores que fazem parte da espinha dorsal de seu time, ou pelo menos ajudam com sua experiência, mesmo que entrem pouco em campo. Pode ser que eu tenha esquecido de alguém nessa relação, e aí que o leitor entra na história...

Você se lembra de mais algum jogador que tenha disputado o Campeonato Brasileiro de 2002?

Deixem nos comentários e digam o que acham dessa longevidade dos atletas...

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...