sexta-feira, 4 de julho de 2014

Reta final

Fala galera!

Agora chegamos na reta final da Copa, restando apenas 8 dos 64 jogos iniciais. As oitavas passaram e os times considerados zebras ou não favoritos, já foram eliminados. Com exceção do jogo entre Colômbia e Uruguai, todos os outros foram muito disputados e imprevisíveis. Tivemos Brasil passando aperto pro Chile, Argentina passando aperto pra Suíça, Alemanha passando aperto pra Argélia, França pra Nigéria, Holanda pro México e assim vai. De agora em diante, a tendência é essa: jogos difíceis e com poucos gols.

As oito seleções que se classificaram em primeiro lugar nos seus grupos conseguiram avançar às quartas-de-final e agora só tem jogão. Após dois dias de crise de abstinência sem jogos da copa, estamos de volta, e já com o aperto no coração por causa do jogo do Brasil.

Mas antes, às 13h, no Maracanã teremos mais um belíssimo duelo, entre dois campeões mundiais: França e Alemanha. É um jogo totalmente indefinido, embora a Alemanha talvez seja ligeiramente favorita. Mas depois de vermos a pressão que a Argélia impôs nas oitavas contra os alemães, fica até difícil de cravar um favorito assim. Será também um grande duelos de goleiros, com Neuer de um lado e Lloris do outro. No meio, teremos Ozil e Gotze de um lado, lutando contra Pogba e Valbuena do outro. E na frente, os destaques são Müller e Benzema. Jogo complicado, grandes chances de termos (mais) uma prorrogação, mas se tiver que palpitar, vou de Alemanha.

Às 17h, no Castelão, chega a hora do coração bater mais forte e chegar até na boca. É hora do Brasil em campo, haja coração. Depois do jogo contra o Chile, estamos emocionalmente preparado pra qualquer coisa que possa vir. A seleção colombiana está e vem sendo muito badalada, acho que isso é um fator favorável para o Brasil, que costuma jogar bem contra adversários fortes ou em jogos complicados. Depositamos nossas confianças, como sempre, no Neymar e esperamos que o Fred (caso comece de titular) finalmente busque o jogo e comece a receber bolas dentro da área. Do outro lado, a marcação especial tem que ser feita em cima dos meias James Rodriguez e Cuadrado, extremamente técnicos e inteligentes. Vou de Brasil, é claro! 2x0 tá de bom tamanho, embora 1x0 já vá me deixar feliz pra caramba!

Vamos Brasil! Hoje é o dia!
Rumo ao hexa!

#resenhanacopa
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...