quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Quando Ronaldo faz questão de ser Pelé

Fala galera! Me recordo quando era garoto ainda, depois da Copa de 94, antes da de 98, muito se comparava Pelé ao então Ronaldinho do Barcelona e da Inter de Milão, ou melhor, muito se dizia que Ronaldinho era o "novo Pelé".

O garoto, que começava a ser chamado de "fenômeno", insistia em renegar a fama, dizia que queria seguir sua própria trajetória, ter o seu próprio nome.

Quase 20 anos depois todo mundo já sabe o que aconteceu com o agora Ronaldo. Ele virou um craque, maior artilheiro da história das Copas, ídolo inconteste do futebol mundial, campeão em todos os clubes que passou, exemplo de superação, e com isso tudo se tornou desnecessária a comparação com Pelé.

Mas agora que Ronaldo é Ronaldo, não é mais o "novo Pelé", parece que ele quer seguir os trilhos do Rei e se tornar discípulo.

É bem relacionado com a Globo, virou comentarista dos jogos da Seleção em competições Fifa, é empresário, está na Organização da Copa de 2014, e vive dando palpite onde não é chamado.

De quem estamos falando?

Dos dois...

Pelé tem fama de pé-frio quando dá seus palpites, colombianos que o digam, rolou até uma campanha no país vizinho pedindo para Pelé não colocar a seleção local como candidata ao título, pois ele sempre passa muito longe do chute. Em 94 apostou na Colômbia campeã, não passaram nem de fase, em 98 falou que a Copa seria da Espanha, deu França, e em 2002 disse que o Brasil de Felipão não passaria de fase, e trouxemos o penta.

Na Copa das Confederações desse ano apostou novamente na Espanha, e novamente tiramos o doce da boca do Rei.

Agora é Ronaldo que resolveu palpitar, pelo menos brincou de forma mais óbvia ao colocar Brasil, Alemanha e Espanha como as favoritas ao Mundial, na ordem.

Ronaldo parece mais sensato em seus palpites, parece ter medo de errar, ou precisa fazer média com quem paga seu salário, o que importa é que ficamos na torcida para que Ronaldo, aquele que não queria ser Pelé, se afaste de vez desse carma em 2014, caso contrário, pra 2018 iremos nos juntar aos colombianos contra os dois maiores artilheiros da seleção brasileira em Copas do Mundo.

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...