quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Grandes seleções de países que não existem mais: Alemanha Oriental

 Na verdade, o país não chegou a produzir uma seleção que realmente tenha se destacado, mesmo porque a vizinha ocidental tinha muito mais proeminência no cenário mundial. Seu legado fica muito mais pela forma como atuava e principalmente pelo significado da sua existência.

Eram tempos nebulosos e qualquer tipo de confronto entre capitalistas e socialistas era tido como parte integrante da Guerra Fria. O receio de alguém soltasse uma bomba nuclear em caso de derrota era algo tão comum quanto temer hoje em dia um atentado terrorista em algum evento nos Estados Unidos.

Como todo bom país ligado à União Soviética, seus grandes feitos esportivos se davam em esportes amadores. Por isso mesmo, podemos destacar a medalha de ouro dos alemães orientais nos Jogos Olímpicos de 1976. Além desse ouro, conquistam a medalha de prata nos Jogos de 1980 e a medalha de bronze em duas oportunidades (1964 e 1972).

Note que, de certa forma, esses resultados demonstram que os alemães orientais gostavam de futebol. Na realidade, não podemos nem separá-los tanto culturalmente dos ocidentais, se não fosse pela divisão política. Afinal de contas, o país foi serrado forçadamente depois da Segunda Guerra Mundial, portanto as pessoas comuns tinham hábitos e gostos parecidos.

No futebol profissional, a grande expectativa seria durante a sua participação na Copa do Mundo de 1974, que foi realizada na Alemanha Ocidental. Com as duas metades sorteadas no mesmo grupo, o confronto foi bastante esperado, e esperava-se uma vitória fácil dos ocidentais. Mas o bombardeio que se deu não surtiu efeito, e os orientais saíram vitoriosos pelo placar mínimo, para a festa no leste.

O Brasil também enfrentou a Alemanha Oriental nessa mesma Copa, com vitória também por 1 a 0 com gol de Rivellino de falta. Além desse confronto, destaque para um amistoso no Maracanã, como preparação para a Copa de 1990, no último jogo da Seleção Brasileira em solo nacional antes daquele mundial. Domínio brasileiro, mas empate em 3 a 3.

O último jogo ocorreu no dia 12 de setembro de 1990, em um amistoso contra a Bélgica. E terminaram a sua história por cima: vitória por 2 a 0.









Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Pelo fato de ser uma seleção amadora (todas as socialistas eram consideradas assim) só teve êxito nos jogos olímpicos. Mas na base do "se", se tivessemos ainda a tal divisão, em 2002 a Alemanha (Ocidental) não teria chegado à final do Mundial, pois jogadores como Linke, Jancker, Ballack, Jeremies e Schneider estavam no time e fariam parte da seleção oriental.

    Acredito que hoje, teriam uma seleção para brigar por vaga em Copas do Mundo, só acredito...

    Ah... sempre quis ter uma réplica da camisa azul da Alemanha Oriental, aceito doações.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...