quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Qual será o destino de Júlio César?

Fala galera! Júlio César está confirmado por Felião como um dos 23 convocados para a Copa de 2014, mas até lá o que podemos esperar de Júlio? Não... não to falando de uma possível transferência do goleiro da Seleção Brasileira, o que vamos discutir nesse post é se ele chega inteiro ao Mundial.

Hoje jogador do Queen Park Rangers, saiu em má fase da Inter de Milão no final da temporada 2011/2012. Era certo que não voltaria a apresentar boas atuações, afinal, o time era um grande candidato ao rebaixamento na Premier League, fato consumado no fim da temporada 2012/2013.

Porém Júlio se destacou, fechou o gol em várias oportunidades e se não fosse suas mãos mágicas o time teria sofrido muito mais. Com a saída de Mano Menezes e a volta de Felipão ao comando da seleção canarinho, o goleirão voltava com força para a equipe.

Alguns amistosos depois e chegamos na Copa das Confederações. Júlio titular, o time jogando bem, Brasil campeão, ele o melhor goleiro da competição. Os noticiários não paravam de informar propostas para o goleiro sair da segunda divisão inglesa (The Championship): Roma, Napoli e Milan na Itália, Arsenal e Tottenham na Inglaterra, e Benfica, de Portugual, foram só alguns dos clubes que apareceram na imprensa.

Júlio César sempre falava que tomaria uma decisão até o fim da janela, que a transferência estava nas mãos de seu empresário e do QPR. A janela se encerrou e nada de transferência, o jeito então era permanecer no time inglês.

Só que ele agora estava atrás de Robert Green e de Brian Murphy, afinal, Harry Redknapp, o treinador da equipe, não podia ficar esperando a decisão de Júlio, ele precisava colocar o time para treinar.

Pouco depois da estreia na competição veio o pior... uma lesão na mão esquerda durante um treinamento. Lesão essa que o deixará pelo menos mais um mês fora dos campos, já que foi necessário cirurgia.

Em contrapartida, Felipão tentou abafar o caso, confirmou o goleiro na Copa, como já dissemos, e jogou fora a oportunidade da dúvida. Sua idéia era tranquilizar o goleiro e diminuir as críticas sobre ele, parece que o efeito foi contrário.

Goleiro é uma posição onde o ritmo de jogo influencia demais e um ano sem jogar, caso não volte ao time titular, pode nos custar caro.

O Resenha Esportiva já defendeu o nome de Júlio em diversas oportunidades, eu sou um fã incondicional do goleiro, mas nessa aí eu tenho que admitir que Felipão exagerou, forçou a barra, e Júlio, que tinha tudo para sair como herói da Seleção na Copa, pode sair como o vilão, mais uma vez, e dessa vez com toda a razão.

Vamos ver o que isso vai dar... se vai dar...

Por hoje é só!

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

  1. Olá, Luiz!
    Nos padrões atuais para goleiros brasileiros, ele é comum. Ou será bem melhor que Fabio, Victor, Cavalieri? Não acho que seja. O Destino é cruel! www.assuntodofutebol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu considero o Júlio o melhor goleiro que o Brasil já viu desde Taffarel, acho que tem tudo pra ser nosso titular inclusive, mas precisa estar jogando.

      Quanto aos citados, não vejo nenhum dos 3 com condições de jogar na seleção, no Brasil hoje, pra mim, só o Jefferson.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...