sábado, 28 de setembro de 2013

Esquerdinha: a anti-ética que o brasileiro já está acostumado

Fala galera!

Hoje tô aqui pra misturar um pouco de futebol com política. Vou comentar sobre o massagista Esquerdinha, que ficou nacionalmente conhecido há cerca de 1 mês, quando invadiu o campo nos últimos minutos da partida e impediu o gol do Tupi-MG, selando assim a classificação do seu clube - o Aparecidense - para as quartas de finais da Série D. Esquerdinha saiu em todos os jornais especializados, deu entrevistas, apareceu no Fantástico e tudo mais.

Felizmente, para o bem da ética e do futebol, na última quinta-feira (26/09), o STJD classificou o Tupi para avançar às quartas e enfrentar o Mixto-MT. Por unanimidade, o time goiano foi excluído da série D e enquadrado no artigo 69 do Código Disciplinar da FIFA que previa a eliminação da equipe que tiver um de seus integrantes "conspirando contra a ética para alterar de forma ilegal o resultado de um jogo". Fez-se justiça.

Aí é a hora de você, leitor do Resenha, pensar: "E agora, Esquerdinha?", "Esquerdinha foi da glória com a classificação ao inferno com a exclusão", "Valeu a pena ter feito tudo isso, Esquerdinha?. Mas não se esqueçam, estamos no Brasil. Estamos num país onde tudo é possível, tudo pode acontecer e tudo acontece. O Aparecidense há de se contentar com o final triste dessa história, mas não o massagista Esquerdinha. Ele não saiu por baixo e já virou alvo dos partidos políticos da cidade de Aparecida de Goiânia.

É isso mesmo, os políticos de lá estão doidos para afiliá-lo a algum partido. Um deputado do PMDB já foi direto ao assunto: “Saímos na frente. Vamos lançá-lo com o slogan: esse defende a cidade”. A única dúvida é a que posto ele vai concorrer. Caso a condenação seja mantida pelo STJD, ele concorrerá ao cargo de Deputado Estadual. Caso contrário, vai pleitear uma vaga federal.

Aí eu pergunto a vocês: em um país que já elegeu o "palhaço" Tiririca como um dos deputados federais mais votados de todos os tempos e toda essa corja de políticos que somos obrigados a aturar diariamente, será que o desconhecido massagista Esquerdinha conseguiria ser eleito?

Sim ou claro?

Para quem (ainda) não viu o lance ou para efeito de recordação/piada, segue o vídeo do lance fatídico abaixo.



Até a próxima.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Olá, Osmar!
    Boa mistura essa. Até porque esse Sr Esquerdinha, em breve se tornará um dos políticos mais bem votados de sua cidade. www.assuntodofutebol.com.br

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...