segunda-feira, 2 de setembro de 2013

E ninguém cala

Fala galera! Voltamos ao assunto mais chato que o blog já tratou: Torcidas Organizadas. No último mês tivemos diversos conflitos, praticamente todos em Brasília, logo lá que é considerado "território neutro" no futebol.

Os dois casos mais emblemáticos ocorreram nos jogos Flamengo x São Paulo e Vasco x Corínthians. Ambos com confrontos pesados de torcidas organizadas, principalmente dos times paulistas.

Dois momentos chamaram muito a atenção, um em que a Torcida Independente, do São Paulo, partiu atrás de um torcedor com a camisa do Flamengo, vários policiais em volta e nenhum tentou conter a ação dos "vândalos".

O outro foi quando o "pau estancou" e um rapaz tentou proteger seu filho, ambos com a camisa do Vasco, a qualquer custo.

Dois fatos lamentáveis, mas que não seria o pior desse história toda... infelizmente.

As imagens com a briga dos corinthianos rodou o Brasil, apareceu em jornais, revistas, sites, e na análise das mesmas conseguiram identificar um vereador da cidade de Francisco Morato. Pior, foram vistos dois dos torcedores que ficaram presos na Bolívia depois da morte do torcedor Kevin Spada, no início desse ano. Torcedores que chegaram a ser considerados vítimas pela imprensa nacional, mas que depois dessa tá mais do que provado que não mereciam ter saído de lá.

Mas o que mais me intriga não é isso, o que me revolta é saber que esses caras foram identificados, foram proibidos de frequentar estádios em Brasília por não sei quanto tempo, mas continuam vivendo no meio de pessoas comuns da sociedade.

Até quando vamos ter que conviver com esses caras no dia a dia? Até quando vamos entrar num estádio sem saber se voltamos pra casa?

Essa eu respondo... enquanto houver impunidade...

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...