segunda-feira, 5 de agosto de 2013

K9, um exemplo para Bernard

Fala galera! Dois jovens personagens do futebol brasileiro vivem momentos distintos em suas carreiras. De um lado Keirrison, o K9, um dos jogadores que mais elogiei, que via como o camisa 9 da Seleção na Copa de 2014 inclusive, do outro Bernard, do Galo.

Keirrison surgiu como promessa, virou revelação, artilheiro, e craque. Isso em apenas 3 anos. Saiu do Coritiba, onde foi artilheiro do Brasileirão de 2008, para o Palmeiras, onde em apenas 36 jogos marcou 24 gols, uma média excepcional para nossos tempos.

Chamou a atenção de clubes do mundo todo, e da noite pro dia foi contratado pelo Barcelona, ficando apenas 5 meses no Parque Antártica. Daí em diante o problema estava armado...

K9 não jogou no time de Messi, foi emprestado para o Benfica onde pouco jogou, já que o elenco estava inflado de atacantes. Também emprestado, apostou na Fiorentina, da Itália, e depois de 2 gols em 12 jogos veio, também emprestado, para o Santos.

No Santos as coisas pareciam que voltariam ao lugar. O time rendia, Ganso e Neymar poderiam ajudar, alguns bons gols, o carinho da torcida, tudo parecia funcionar, mas não... Ainda passou pelo Cruzeiro antes de voltar ao Coxa, onde começou, e onde apostou em um novo início.

Mas assim como antes, uma série de lesões (a última em jogo na semana passada) e tudo parece ter acabado pra K9...

Do outro lado dessa comparação está Bernard, o menino de ouro do Atlético Mineiro está prestes a ser vendido para o Shaktar, da Ucrânia. Vive ótima fase, foi um dos bons nomes do título da Libertadores, e fez parte da campanha vencedora do Brasil na Copa das Confederações.

E o que tem a ver Bernard e Keirrison?

Keirrison tinha 20 anos em 2009, quando foi vendido para o Barça. Hoje com 24 não tem mais expectativa nenhuma. Bernard tem os mesmos 20 anos. Teve a oportunidade de ir para o Porto, um time de tradição e que pode dar visibilidade no futebol para o menino, mas tudo leva a crer que vai aceitar a proposta do time ucraniano. Uma situação parecida com Giuliano, ex-Inter, como contamos aqui em 2011. Na época ele era nome certo nos jogos de Londres, sumiu do mapa e ninguém mais fala nele...

O tempo vai mostrar quem tem razão. Será que os empresários que cada dia mais embolsam dinheiro (e esse do K9 levou muito hein) e colocam o craque em qualquer lugar estão com a razão?

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Olá, Luiz!
    Certíssimo, amigo! Espero que ele saiba que, indo pra lá, é exclusivamente pelo o dinheiro, o que já é louvável se ele tiver essa consciência. www.euvistoacamisadogalo.com.br

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...