quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Obras da Copa - Parte 3

Fala galera! Agora falta pouco, menos de 2 anos para a Copa do Mundo do Brasil, e poucos meses para a Copa das Confederações. Como já fizemos aqui em duas ocasiões vamos dar uma geral no andamento das obras dos estádios que abrigarão essas competições.

Em maio de 2012 publicamos a primeira parcial, que se ainda não era preocupante, também não era a 8ª maravilha do mundo. Em setembro fizemos uma segunda parcial e notamos que muitas das obras se atrasaram, prazos de entrega foram modificados, e a coisa começava a assustar...

Confesso que nessa parcial de agora não tenho tantas preocupações com a maioria dos estádios, alguns tiveram os prazos adiados novamente, mas por pouco tempo, se mantiverem esse cronograma à risca (e aí que mora o perigo) teremos uma competição completa.

Dois estádios já estão aptos para uso: Castelão e Mineirão. Para o meio do ano ainda deveremos ter Maracanã, Fonte Nova e Arena Pernambuco prontos. Assusta um pouco a Arena Mané Garrincha, que tinha como prazo dezembro de 2012 e não ficou pronta, também não teve seu prazo prorrogado, e se não acelerar poderá ficar fora da Copa das Confederações, mas lembrando sempre que estamos falando de Brasília, e lá tudo pode acontecer...


Em São Paulo e Porto Alegre tudo corre de vento em popa, os prazos são longos e as obras não contam com muitos problemas, parece que teremos dois belos estádios até o fim do ano.

Situação preocupante mesmo acontece nos possíveis elefantes brancos de Cuiabá e Manaus, a Arena Pantanal e Arena da Amazônia, que passam de 50% das obras apenas e mais uma vez adiaram em quase 6 meses a entrega, será que teremos tempo hábil para colocá-las em condição de jogo?

Também me preocupa agora a Arena da Baixada, em Curitiba, apesar de manter seu prazo de entrega a obra evoluiu apenas 2% em 3 meses, foi a que menos "andou". Duvido muito que esteja pronto até julho desse ano.

O caso mais crítico de todos, e desde o início, é na Arena das Dunas, em Natal. Nada dá certo por lá... De maio pra cá a obra saiu de 22% para 50%. Acho que Romário vai ter razão mais uma vez, entrarão em "estado de alerta" e tudo vai ser "facilitado" pela urgência da conclusão da obra, é o único jeito!

Continuo falando, não escondo de ninguém, sou muito a favor da Copa no país, acho que teremos progresso em muitas áreas, essa história de "poderíamos investir em outras coisas" não seria possível sem a Copa, nenhuma empresa (ou quase nenhuma) privada investiria em algo que não fosse dar retorno para elas.

Por hora vamos esperar para saber se tenho razão ou não, e vamos ver se teremos mais estádios prontos em nossa próxima parcial! E vamos aproveitar pra curtir a nossa Fan Page também! Clica aqui!

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

  1. Continuo achando um absurdo esses estádios em Manaus, Natal e Cuiabá .... Acho até que o certo seria dois estádios em São Paulo, Porto Alegre e RJ ... principalmente porque o Grêmio já ta com tudo pronto e o Morumbi era só reformar e já tinha até sido escolhido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é cara, essa situação dos "elefantes brancos" me preocupa muito. Nesses locais sim considero dinheiro jogado fora.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...