quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

McDonald´s Championship

Fala galera! Hoje vou contar um pouquinho sobre um torneio que fazia o globo terrestre tremer quando o basquete americano ainda dominava o mundo. Em uma época em que os campeonatos ainda eram amadores e só era considerado profissional quem atuava na NBA, a falta de um torneio de clubes pelo mundo fazia do McDonald´s Championship o mais importante de todos.

Para disputar o torneio era simples, “bastava” ser campeão continental. Juntavam-se a esses campeões um time da NBA a ser escolhido, time esse que entrava sabendo que seria o campeão no final das contas.

De 1987 a 1999 foram 9 edições disputadas, sempre com vitórias dos times americanos e normalmente com um europeu na final, salvo na última disputa, realizada em Milão, e que teve como finalista o Vasco da Gama, que perdeu na final para o San Antonio Spurs das “Torres Gêmeas” David Robinson e Tim Duncan.


Vejam a relação das sedes e dos campeões ano a ano:

 

Como existiam regras diferentes no basquete da FIBA e na NBA (hoje ainda existe, em menor escala) era adotado uma combinação das regras, visando um maior equilíbrio, o que não acontecia já que os times americanos viviam um estágio muito superior na ocasião com relação ao resto do mundo. Acredito que hoje teríamos jogos mais disputados, já que muitas equipes européias já podem ser consideradas esquadrões.

Pra quem pensa que o prêmio era um Big Mac ou um McFish engana-se, o prêmio maior para qualquer clube era ter o direito de enfrentar um time da NBA na final, mesmo sabendo que a derrota era quase certa.

O torneio era disputado em eliminatórias, e salvo a primeira edição, disputada nos Estados Unidos, as outras todas foram jogadas na Europa, e como falei antes, o prêmio era o que menos importava, o que todo mundo queria era a chance de disputar uma partida contra um clube “profissional”. O que para os jogadores era uma oportunidade única de mostrar seu jogo e ter uma chance na NBA.

Gostou de mais essa mexida que demos no baú das histórias? Se gostou curte nossa Fan Page, se não gostou pode curtir também, eu nem ligo!

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...