segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

A revanche

Fala galera! Ainda não falamos aqui da loucura que foi a final da Copa Sulamericana 2012, eu confesso que tentei alguns amigos São Paulinos para escrever uma opinião, já que eu não vi o jogo e nem os lances, sendo assim não poderia opinar com precisão.

O pau quebrou no Morumbi
Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Aproveitei um fim de semana corrido pra buscar algum vídeo na internet e achei. Além dos lances da partida, tinha o personagem principal: a briga.

O São Paulo dominou o jogo, enquanto isso o Tigre bateu, bateu, bateu... e bateu mais...

Lucas abriu a boca... na saída para o intervalo foi mostrar para o adversário o algodão cheio de sangue, foi algo do tipo: olha o que você fez.

O lutador de MMA não gostou e resolveu partir pra cima do são paulino, o tempo fechou...

O resto da história todo mundo já sabe... mas o melhor da história pouca gente notou! 

O Brasil aprendeu a disputar de igual pra igual com os sulamericanos, tanto na bola (onde somos muito superiores) quanto na mão. É bonito isso? Claro que não! Mas já encheu toda vez que um time brasileiro humilha um adversário sulamericano ter que sair de campo escoltado, à base de pedradas.

Tem a famosa história do Flamengo contra o Cobreloa em 81, mas o que eu me lembro bem é um Fla x Peñarol pela Mercosul 99, foi uma vergonha... quem não vai se lembrar de Galo x Lanús, onde Leão saiu de campo todo torto... e igual a esses temos 200 mil exemplos. E o pior é saber que após tudo isso, nunca na história da Conmebol, não houve punião nem pra clube, nem pra jogador, nem pra torcedor.


Então, já que não vai dar em nada mesmo, já que ninguém da Confederação procura melhorar o futebol apresentado, vamos à revanche! Ganhamos no campo, ganhamos na mão se necessário.


Vibrei quando Gum derrubou três argentinos pela Libertadores do ano passado... e vibrei ao ver o pequeno Tigre (sim, pequeno, vocês nunca imaginariam Boca ou River ficando no vestiário e indo pra casa depois disso) ir pra casa com cara de gatinho manhoso.

Não, de forma alguma sou a favor de violência no futebol, só acho que basta de apanhar calado.

Vamos lá fora e apanhamos, jogamos aqui e apanhamos, e ninguém toma atitude!

Valeu São Paulo! Valeu Lucas! Valeu Morumbi!

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...