sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Amaral!

Fala galera!


É a primeira vez que faço um post aqui nesta categoria "Grandes jogadores do folclore popular". E, como estreia, resolvi falar de Alexandre da Silva Mariano - o Amaral. Sim, aquele mesmo, famoso por ter os olhos "desalinhados". Além de ser um ícone do futebol brasileiro e conhecido por todos, Amaral ainda coleciona muitas histórias engraçadas no futebol e, por isso, o post também se enquadra no "Causos do Esporte".

Pra começar com um fato bem atípico, o jogador paulista, de Capivari, foi coveiro antes de iniciar sua vida como jogador profissional de futebol. Muito mais conhecido pela sua garra e raça do que pela sua técnica, iniciou sua carreira no Palmeiras e, depois de ser destaque, foi negociado junto ao Parma. Com muita dificuldade de adaptação, foi transferido para o Benfica. Também não vingou no futebol português e voltou para o Palmeiras. Novamente com boa atuação no cenário nacional, o Benfica resolveu dar uma nova chance, que não resultou em bons frutos. Voltou ao Brasil e atuou por Corinthians e Vasco da Gama, antes de ser transferido novamente para o futebol italiano, para a Fiorentina. Dessa vez ele se firmou no futebol internacional e ficou por lá por cerca de 3 anos, antes da Fiorentina declarar falência.

Depois disso, Amaral teve passagens por Grêmio, Vitória e outros times pequenos do Brasil. Teve passagens rápidas também por outros times do exterior, como o Al-Ittihad da Arábia Saudita e o Perth Glory da Austrália.


Caiu no esquecimento. E foi por isso que resolvi pesquisar se ele já havia aberto uma escolinha, se era cartola de algum time, se estava em curso para virar treinador ou algo do tipo. E, pra minha surpresa, ele está atuando no futebol da Indonésia, ainda como jogador! Jogando pelo Persebaya 1927, Amaral é ídolo, tem motorista particular, casa mobiliada e fotos e caricaturas espalhadas pelos outdoors da cidade. Além disso, ainda atua com a camisa 10!

Conhecido por ser um jogador humilde e extremamente engraçado, vale a pena contar um "causo", uma história muito engraçada de quando Amaral ainda era volante do Palmeiras, sob comando de Luxemburgo. Após uma vitória em um jogo realizado no Nordeste, Luxa deu folga para os jogadores e Amaral sugeriu a eles que fossem ao famoso "Forró do Gerso". Chegando ao local, não encontraram o tal forró e perguntaram ao Amaral se eles estavam no lugar certo. Amaral continuou procurando e disse ter encontrado o local. Animados, os jogadores foram até onde Amaral estava e se depararam com uma placa, que dizia: "Forro e Gesso". Salve Amaral!

Grande ícone, para sempre será lembrado!
Até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Já ouvi o Vampeta contando essa do "Forró do Gerso".

    Tem uma cena clássica do Amaral que nunca mais me esqueci.

    Brasil x Japão pelas Olimpíadas de 1996, jogo 0x0 ainda, o Brasil não jogava bem, Amaral cai no gramado e pede atendimento médico, até eu senti dor de tanto que o cara gritava, entra o carrinho da maca e tira o jogador de campo, antes de cruzar a linha lateral eis que Amaral pula do carrinho e sai correndo de volta pro campo.

    Dizem que ele achou que o Brasil estava vencendo e quando chegou próximo à lateral o médico da seleção perguntou se poderia voltar pro jogo, porque precisavam da vitória, foi então que ele percebeu que o jogo estava 0x0 ainda...

    Grande Amaral!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...