segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Hora marcada

Fala galera! Hoje é mais um dia histórico para o Resenha Esportiva, com 3 anos de existência o blog chega ao seu post de número 800, e isso porque temos a política de não colocar mais de 1 post por dia, para não "tirar o assunto" do outro.

Mas comemorações à parte, vamos falar do que interessa mesmo, o nosso tema de hoje. Um assunto que muito me incomoda no Brasil é com relação aos horários das partidas de futebol, mas já conversamos sobre isso antes, rolou até enquete!!! Hoje vou me apegar apenas ao atraso no início das partidas, cada vez mais constante por aqui.

Euro 2012 - jogo com hora certa pra começar
Existe um parágrafo no regulamento das competições (acho que no Estatuto do Torcedor também) que diz que o clube que atrasar sofrerá uma multa por minuto atrasado, multa essa que raramente é aplicada. Já vi casos de partidas marcadas para as 16 horas terminarem depois das 18:30, o que é um absurdo levando-se em conta que na soma dos tempos e do intervalo não temos mais do que 2 horas de espaço.

Durante a Euro notei uma situação interessante e que faz um bom paralelo com o que quero mostrar. Em um dos jogos, marcado para começar as 15:45 (se não estiver enganado, mas o horário é o que menos interessa aqui), os times já estavam em campo, aquecidos, bola no centro do gramado, eis que o juiz pede mais 1 minuto para dar o pontapé inicial. Mas qual seria o motivo para isso?

Simples... ainda não estava no horário oficial da partida... faltava 1 minuto para chegar ao horário, e a partida só foi iniciada quando o relógio oficial do estádio completou as 15:45. Situação que é inimaginável no Brasil, levando-se em conta que os times por muitas vezes atrasam a entrada no gramado.

Quando se trata de rodadas finais de campeonatos de pontos corridos a situação aqui é ainda mais vergonhosa. Os times ficam "mirando" o outro, esperando o jogo do adversário começar para só assim entrar em campo e com isso jogar sabendo como está o jogo alheio. Confesso que nunca vi ninguém se beneficiar disso, não me recordo de nenhum jogador que falou "ah, agora eles fizeram o gol, vou começar a jogar pra fazer também".

Isso tudo não passa de uma cultura inútil e burra que só faz com que o esporte nacional tenha cada vez menos credibilidade perante o torcedor. Está na hora das regras serem cumpridas, punições serem dadas na medida certa, e assim sendo as multas não serão consideradas mais um motivo de chacota.

Espero que até a Copa tudo pode aqui esteja organizado, pelo menos nesse sentido.

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...