sexta-feira, 13 de julho de 2012

Finalmente, Verdão!

O Verdão está de volta! Depois de 10 anos da queda para a série B do campeonato nacional, o Palmeiras deu a volta por cima e sagrou-se campeão da Copa do Brasil de 2012. Foram 10 anos de muita gozação, de muitas vaias e tristezas, de muito sofrimento e vergonhas. Mas acabou. Agora o Palmeiras está de volta ao lugar de onde nunca deveria ter saído: entre os grandes do futebol brasileiro.

Depois de altos e baixos (muito mais baixos do que altos) nesses últimos 10 anos, o Palmeiras fez uma bela campanha, contra tudo e contra todos, na Copa do Brasil. O desfecho final dessa maratona aconteceu ontem, contra o forte Coritiba, dentro do caldeirão Couto Pereira. O Palmeiras já havia vencido o primeiro jogo, em casa, por 2x0 e entrou em campo, claramente, com a estratégia de não se arriscar, para garantir o título. De bola parada, o Coxa Branca fez 1x0 no 2º tempo e incendiou o jogo. Ainda tinha muito jogo pela frente, o Coxa pressionava, a torcida incentivava até que o Palmeiras chegou ao empate, na sua maior arma: também a bola parada. O volante e maestro Marcos Assunção, só pra variar, acertou uma cobrança de falta na cabeça do menino Betinho que desviou no 1º poste e garantiu o empate e o título do Palmeiras, já que nessa altura, o Coritiba precisaria de mais 3 gols.


Agora o Palmeiras vem com tudo para se reestruturar no Brasileirão e preparar uma base forte para a disputa da Libertadores do ano que vem. O time ainda está longe do ideal. A defesa ainda comete erros infantis, a dupla de volantes é boa, o meio campo fica sempre nas mãos (ou melhor, nos pés) do Mago Valdívia e o ataque é fraco. Claro, muitas contratações serão necessárias, assim como algumas manutenções (como a do próprio Assunção e do técnico Felipão). Mas o Palmeiras vai chegar. Mais por raça do que por técnica, mais por força de vontade do que por habilidade. O time foi guerreiro, a torcida esteve sempre presente.

Agora só falta o Galo Doido e o Fogão desencantarem e sairem do jejum de anos. Ambos estão fortes este ano. Inclusive, estão no G4 do Brasileirão, no momento. Mas visto o recente histórico de ambos os times, eu ainda não arriscaria minhas fichas não. Mas se o Vasco ano passado chegou, o Palmeiras esse ano chegou, por que Atlético-MG e Botafogo não podem chegar também? Uma hora vai! Uma hora tem que ir!

Parabéns Palmeeeeiras (a torcida cantando "Palmeeeeiras" o jogo todo enche o saco, lol)!

E até a próxima!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Foi um título merecido, pelo que vi antes da Copa do Brasil achei que dava Grêmio, mas o Verdão cresceu e comemorou. Quanto ao Bota e ao Galo, não acredito em título nacional pelos próximos 5 anos ao menos

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...