domingo, 20 de maio de 2012

Cacá Buááááno

Fala galera! Nesse domingo aconteceu a 4ª etapa da Stock Car, no circuito de rua de Ribeirão Preto. A corrida teve muita emoção, na maioria das vezes proporcionada pelas batidas e enroscos entre os pilotos, quem não se ligou pra isso foi Daniel Serra, que assumiu a ponta logo na primeira curva e não largou mais, vencendo pela primeira vez na temporada e assumindo a ponta da tabela.

Cacá entre Daniel e o muro. Sem motivo pra reclamar
Foto: Fernanda Freixosa/Vicar
E justamente onde não teve problema é que tivemos o maior problema... é, a frase é estranha mas é verdade... logo na largada o segundo do grid, Daniel Serra, jogou o carro de lado e ultrapassou o pole Cacá Bueno, seu companheiro de equipe. Cacá se revoltou com Serra, chamou a equipe no rádio e detonou. 42 minutos depois ambos foram ao pódio, e Cacá, com pinta de garoto mimado fechou a cara, reclamou, não cumprimentou Serra da maneira como deveria, com espírito esportivo, e ficou mais uma vez marcado.

Cacá é um ótimo piloto, não resta dúvidas, quando ainda existia provas da Stock A e B ao mesmo tempo, ele foi o primeiro e único piloto da categoria B a vencer uma prova contra carros da A. Já tem 4 títulos da Stock e figura entre os principais nomes da história. É o piloto a ser batido a cada ano. Além de ter uma excelente estrutura por trás. Mas dizem as "más línguas" que não é o companheiro de equipe ideal, pois quer sempre a atenção máxima para ele, o que ficou provado nessa corrida.

Junto e misturado no engavetamento
Foto: Fernanda Freixosa/Vicar
O filho de Galvão Bueno hora nenhuma ameaçou Daniel durante a corrida, talvez em um ato que tentava mostrar para o companheiro que pilotos da mesma equipe não podem duelar na pista, talvez pelo simples fato de ter sido inferior mesmo, não dá pra saber.

A verdade é que Daniel Serra é hoje o líder do campeonato, e não vejo motivo algum para ter deixado Cacá vencer, e mais do que isso, tomar sua liderança no torneio.

Agora a Stock dá uma parada de quase 1 mês, volta em Londrina, dia 1º de Julho, e até lá Cacá e Serra vão ter muito tempo pra conversar, e apesar de Galvão Bueno ser um homem influente no mundo do automobilismo, não podemos descartar Chico Serra, pai de Daniel, e um dos maiores nomes da história da Stock, e que já foi piloto inclusive de Fórmula 1.

Como diria o próprio Galvão Bueno: é briga de cachorro grande, amigo!

E nessa, só quem tem a perder é o automobilismo nacional...

Fui!

OBS.: Uma outra briga entre os pilotos chamou atenção, Tuka Rocha partiu pra cima de Allam Khodair depois de um choque na corrida, a meu ver Tuka estava errado, mas ao melhor estilo Schumacher, a culpa é sempre do outro...
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

  1. Cara, eu ia exatamente lhe sugerir escrever sobre isso, mas nao era nem pra ser postado hj, vc ja tinha saido do chato do face.

    Vc foi rapido e perfeito ao contrario do Chorão Bueno.

    Parabéns, o tema nao poderia passar em branco.

    ResponderExcluir
  2. Luiz,

    Automobilismo é assim, ninguém quer repartir nada. Alguns são mais politicos que outros, mas todos aqueles que se destacam são egoístas, é fato.

    O negócio é o cara resolver na pista, ficar de boca aberta não resolve nada.


    abs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...