quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A comida mexicana

Fala galera! Nelson Piquet com certeza foi, além de um dos melhores pilotos brasileiros da história, um grande "maluco" fora das pistas (acho que dentro também). Em seu acervo temos diversas histórias muito divertidas, mas para contar hoje escolhi uma das melhores e talvez uma das mais conhecidas também.

Piquet e Mansell dividiam os boxes da Williams e também disputavam ponto a ponto o campeonato de 1986 junto com o francês Alain Prost. Chegaram na penúltima etapa, no México, e Mansel poderia liquidar a fatura com uma vitória.

Na véspera dos treinos de classificação o inglês abusou da comida mexicana, que é famoso pelo excesso de "tempero", e acabou com uma grande dor de barriga.

Percebendo o problema que aconteceu com o Leão, tentando tirar vantagem, o brasileiro escondeu todos os rolos de papel higiênico que haviam na Williams.

Mansell entrou no banheiro e de repente só se ouviam urros e pontapés na porta, ninguém entendeu nada, até que viram Nelson morrendo de rir no cantinho dos boxes.

A malandragem não adiantou muito, pois Prost fez um ótimo fim de temporada e faturou seu segundo título mundial, mas com certeza é mais um grande "Causo do Esporte".

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...