terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Churrasco italiano

Hoje vamos com uma homenagem ao boêmio e craque dos gramados Sócrates. O Doutor foi um dos jogadores mais influentes da história do futebol brasileiro, talvez do mundo, e também era um cara que não tinha uma vida de atleta fora do campo. Diferenciado, ele se formou em medicina e conhecia praticamente todos os bares do país. Além disso teve muita história engraçada e hoje vamos relembrar uma delas.

Corria a temporada 84/85 do futebol europeu e Sócrates era um dos craques da Fiorentina na época. Perto dali, em Udine, Zico comandava a até então frágil Udinese. Para curar a saudade do Brasil, o Galinho costumava reunir os brasileiros que estavam por lá com grandes churrascos em sua residência durantes as folgas dos clubes.

Num deles Sócrates resolveu dormir por lá e só retornar para Florença na manhã seguinte. Zico, óbvio, concordou.
Foto: J. B. Scalco

No dia seguinte Zico acorda e vai treinar e Sócrates iria partir para seu clube.

Ao retornar para casa após o treino eis que o Galo tem uma grande surpresa: Sócrates deu cano na Fiorentina e organizou outro grande churrasco por lá com muita carne e cerveja, na conta do Galinho, é claro.

Essa é só uma das boas histórias que o futebol brasileiro vai perdendo aos poucos, como disse o Thiago no post sobre o Túlio, está acabando esse folclore, mas o Resenha vai fazer sua parte e reviver para os leitores cada vez mais.

Fui!

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

  1. Pelo que me consta, desde essa época o Dr já entornava um álcool, né?

    Uma pena... Adriano que se cuide também.

    ResponderExcluir
  2. Cara, acho que o Sócrates entornava desde a época da mamadeira... que Deus o tenha.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...