domingo, 2 de outubro de 2011

Esportista do Mês - Setembro/11 - Sebastian Vettel

Fala galera! Nesse mês tivemos uma disputa intensa pelo título de melhor esportista do mês. A votação começou dando pinta de que Marcelinho Huertas, o nosso comandante que levou o basquete de volta às Olimpíadas depois de 16 anos iria papar com sobras. De repente a boa fase do Vasco alçou Diego Souza ao posto de favorito.

Mas como uma flecha Sebastian Vettel, o piloto mais rápido do mundo há 2 anos, ultrapassou todo mundo e disparou na ponta, vencendo nossa disputa com 38% dos votos.

Vettel não apareceu no cenário do automobilismo agora, já faz tempo que se mostra uma grande promessa, porém, depois do título histórico de 2010, uma temporada totalmente soberana em 2011 parece cravar de vez o nome do alemão na história da Fórmula 1, quebrando vários recordes que pareciam inatingíveis.

Vettel precisa de 1 ponto para ser campeão nas 5 provas restantes.

Alguém duvida que o piloto que venceu 9 das 14 provas e foi pole em 11, além de ter subido no pódio em 13 delas, vai papar esse título?

Simplesmente fantástico!

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

4 comentários:

  1. Boa escolha .... e no próximo final de semana estarei acordado na madrugada para ver a definição do título ..... ele tem chance de ser campeão até mesmo sem marcar pontos !!!! mas acho que vence a corrida ....

    ResponderExcluir
  2. É inegável que trata-se de um ás das pistas de F1....mas....cadê o glamour? Ficou pra trás e faz parte de outra época ou sou só eu que sinto isso?

    Uma noite destas passeando pelos canais de de televisão, a TV Cultura se não me engano, passava uma entrevista de Senna em 1986....programa Roda Viva. Fiquei grudado vendo.

    Senna não era - ainda - famoso, campeão e ídolo...mas foi sabatinado por duas horas por diversos jornalistas - Galvão, inclusive - e o que mais me chamou a atenção foi sua simpatia, seu carisma, sua atenção em responder. Marca de sua personalidade por toda sua breve vida.

    Hj não vejo mais isso, com todo respeito. Nem em Vettel, nem em ninguem.

    Saudações!!!

    ResponderExcluir
  3. Outro ponto que eu considero é o tecnológico. A discrepância entre as equipes sempre existiram, mas nos últimos 15 anos praticamente fez com que habilidade e destreza ficasse em segundo plano. O mesmo Vettel não consegue bons resultados em equipes pequenas, o que era mais frequente anos antes.

    ResponderExcluir
  4. @Thiago Senra
    Cara, em se tratando de Vettel a premissa não é verdadeira... lembrando que ele terminou um mundial pela Toro Rosso em 8º, à frente por exemplo das Toyotas e das Red Bulls, em 2008. No ano seguinte ficou em 2º quando a equipe austríaca ainda não era a potencia que é hoje. E outro ponto a se lembrar é que Webber não chega nem perto dele na classificação de pilotos, com o mesmo carro.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...