quinta-feira, 23 de junho de 2011

Paixão ao alcance de todos!

Em 1994, estava com meus pais assistindo à emocionante partida entre Espanha e Coreia do Sul, pelo grupo C da competição. Obviamente, aquela família feliz torcia fervorosamente pelos asiáticos, e o empate em 2 a 2 foi como uma vitória para os vizinhos dos samurais (8 anos depois os coreanos sairiam felizes novamente do confronto entre as duas seleções).

Após um chute bisonho, um lateral, ou até mesmo uma saída de bola qualquer, um jargão clássico sempre era ouvido: "Bandeirantes, o canal do esporte". Isso para mim era um símbolo. Realmente, tudo quanto era competição, não importava o esporte, era transmitido pela TV Bandeirantes. Inclusive eventos que não davam muito Ibope, como campeonatos europeus, e Superligas de vôlei.

Curiosamente, agora que esses eventos são tidos como de grande vulto, a emissora não mais é referência nesse tipo de transmissão. Atualmente, uma nova emissora tem crescido na qualidade de suas transmissões, com renovação do quadro de narradores e comentaristas e variedade na grade esportiva. Falo da TV Esporte Interativo. Com poucos anos de transmissão, já tem exclusividade na transmissão de diversos eventos esportivos, e mesas redondas que destoam da mesmice que estamos acostumados a ver.

E o melhor! Ninguém precisa desembolsar 1 centavo sequer para pagar uma mensalidade absurda! Aliás, pagando mensalidade estamos sujeitos a ver programações de encher linguiça. Vôlei, NBA, Poker, Judô, Tênis de Mesa... Esses são apenas alguns exemplos da vasta programação da TV Esporte Interativo.

Só pra exemplificar, vou falar da Liga Mundial de vôlei masculino. Enquanto a "plim-plim" transmite apenas jogos realizados no Brasil, os "novatos" da EI transmitem 100% das partidas brasileiras, além de outras com mais relevantes para a competição.

Acho que esse é o caminho. Não sou a favor de monopólios, mas acho muito bom que haja essa competição de qualidade, principalmente quando vemos opções em mais de um canal. Afinal, somos todos torcedores e queremos a paixão ao alcande de todos!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

4 comentários:

  1. A Tv Esporte Interativo, já vi uma matéria sobre seu fundador.É um jovem que tem uma grande visão. E praticamente sem patrocinadores fortes, vem ocupando mais espaço nos lares nacionais. Só falta entrar na programação da Sky.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente não tenho o EI em casa, pois não tenho parabólica, mas sempre que tenho oportunidade de ver, gosto dos eventos apresentados.

    Na TV por assinatura aparece uma infinidade de VTs e competições de Hipismo e Golfe que me irritam.

    Só uma coisa que não gosto das transmissões de hoje em dia: estão exagerando no humor... tá ficando chato essas malas como Tiago Leifert e cia

    ResponderExcluir
  3. A TV Esporte Interativo entra no pacote de programação da Oi TV e Via Embratel, no caso de assinatura.

    Verdade que tem bastante comercial, mas pelo menos não inventam desculpas de vt's da oitavas de final copa asiática de badminton de 92 pra colocar na grade.

    ResponderExcluir
  4. concordo com quase tudo thiagão.

    Realmente a emissora bate um bolão ao transmitir esportes e campeonatos que outros não se interessam, caso de NBA e Liga masculina de Volei.

    Os comentaristas até que são bons,mas os narradores são péssimos!!!

    Assisto o canal sempre que posso. E ainda vale mencionar que tem o sempre polêmico Kajuru na grade todos os dias.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...