quarta-feira, 7 de julho de 2010

Capa montada

Pronto, como prometi no dia que contei algumas curiosidades sobre a Copa: agora eu falo!
Minha opinião sobre Dunga e seus quase 4 anos à frente da seleção não é novidade pra ninguém. Acredito que técnico algum teria feito trabalho muito diferente e muito menos vitorioso. No Brasil temos a tendência de achar que só o campeão é que mostra resultado. Queremos ser campeões sempre e quando isso não acontece nos esquemos de todo o resto. Mas pior do que isso é ver uma organização que forma opiniões, que é acompanhada por milhões de brasileiros, tentar manipular no povo a revolta com uma pessoa. Estou falando das organizações globo (com letra minúscula mesmo, pra mostrar como eu admiro essa organização).

Passei pelas bancas no sábado, dia seguinte à eliminação brasileira e levei um susto quando vi a capa do Jornal O Globo que dizia: O fim (definitivo) da Era Dunga... e a volta de Felipão (o técnico que não tem medo de craque).

Mais do que mostrar sua opinião sobre o treinador (desafeto) o jornal quis jogar todos os leitores contra Dunga, sendo incoerente até mesmo durante a matéria. O problema é que a manchete vale sempre mais que o conteúdo. A grande maioria quando começa a ler uma matéria qualquer já está com a manchete na cabeça e tende a seguir com isso, independente do conteúdo.

Durante a matéria diziam que o Brasil fez o melhor primeiro tempo de toda a Copa e não ganhou por errar muitas finalizações (seria isso culpa do Dunga?). Mais a frente fala que o Brasil se descontrolou porque Dunga esmurrou o banco de reservas em determinada hora, será mesmo que os jogadores que estavam em campo, especialmente Felipe Melo, que é citado, estavam prestando atenção no Dunga para ficarem irritados com tal atitude? E ao fim ainda dizem que Felipão já está escolhido (profecia estilo Muricy ao final de 2008) porque fica além da passividade de Parreira e aquém da grosseria de Dunga (leia-se: falta de privlégios para a organização) e que ele não tinha medo de ter craques em sua equipe.

Só que o detalhe não é só esse. Felipão foi campeão do mundo contando com Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho, todos no melhor das formas físicas, mas também tinha Anderson Polga, Roque Junior e cia no time. E mais: deixou Romário no Brasil contra tudo o que a própria Globo pediu durante 1 ano. É claro que o título fez com que todo mundo esquecesse disso. Assim como faria que o povo esquecesse que Dunga não levou o operado Ganso (pois é gente, pra quem não sabe ainda o corpo médico do Santos escondeu uma lesão no joelho do menino, para que ele ainda tivesse chances de jogar a Copa. Hoje ele está operado e provavelmente não estará 100% nas finais da Copa do Brasil. Muita irresponsabilidade em minha opinião).

É uma pena que muitos brasileiros olhem para a seleção com os olhos de quem perdeu o privilégio de exclusividade. Privilégio esse que ficou claro depois da rusga entre Dunga, que na visão da Globo era mal educado, e Alex Escobar (o repórter que fala ao celular no meio de uma entrevista coletiva para o mundo todo), o educadinho.

Esse ano não vimos Robinho, Julio Baptista e Luis Fabiano nas madrugadas da Globo com um tamborzinho e um atabaque fazendo gracinha para o Galvão Bueno. Esse ano não vimos o Jornal Nacional com entrevistas exclusivas e reveladoras sobre os bastidores da seleção. Esse ano não vimos nem o Falcão na África! Que bom! Que bom que a seleção deixou de ser um marketing institucional de uma empresa e passou a ser dos brasileiros. É uma pena, que os 190 milhões (um pouco menos talves) que pediam exatamente isso há 4 anos, agora tenham esquecido...

Só espero que em 2014, caso aconteça a perda do título novamente, não façam o mesmo com o novo treinador...

Fui!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

3 comentários:

  1. Mais um excelente texto do Luiz Paulo.

    Parabéns!!!

    Ja falamos muito disso tudo pelo MSN, mas ter um texto registrando isso no blog é fundamental.

    Eu compartilho dessa opinião.

    A globo é sempre uma grande contradição a cada 4 anos.

    ResponderExcluir
  2. Sei que não precisava dizer, mas como foi dito, é bom ter um texto... Concordo com a afirmação de que há manipulação por parte da vênus platinada...

    ResponderExcluir
  3. É verdade tudo oq foi dito. Mas é preciso reconhecer tb que houveram excessos da parte dele. Se por um lado, aquela farra de 2006 é muito ruim, a prisão que se instaurou tb não é legal. Tb não achava legal as entrevistas dele e o recorrente mau humor!! Ele precisa saber lidar melhor com pressão.

    Nossa seleção foi a unica q pouco teve cobertura da imprensa na copa. As emissoras gastam tubos de dinheiro para nos deixar a par de tudo e ele simplesmente vetou quase todos os treinos. Mais que isso. os patrocinadores, que fizeram por direito, ter seu nome estampado, tb saem prejudicados. E aí lembramos de um post bem antigo em que discorriamos sobre o poder do dinheiro no esporte, não so das emissoras, mas dos patrocinadores tb. Não podemos negar q a influencia deles hj é uma realidade, que precisa ser bem administrada. E o Dunga não soube fazer isso.

    Só pra constar, o Dunga era o jogador que eu mais admirava nas seleções de 90, 94 e 98. Ou seja, gosto muito da pessoa dele. Mas é preciso mudar em alguns aspectos, para o bem dele mesmo!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...